O Apolíneo e o Dionisíaco na Dança Contemporânea Quando as forças da natureza se encontram em Isadora Duncan

Anna Paula Lemos

Resumo


O Nascimento da Tragédia de Friedrich Nietzsche ajudou a desencadear uma discussão histórica e fértil para a dança contemporânea. A bailarina americana Isadora Duncan -- que tinha em Nietzsche sua leitura de cabeceira -- encontrou, no final do séc. XIX e início do séc. XX, em “Assim falou Zaratustra” e em “O Nascimento da Tragédia” pontos inspiradores para o desenvolvimento da dança contemporânea à qual é uma das precursoras. Vamos nos ater, no entanto, a este último -- O Nascimento da Tragédia.

Texto completo:

PDF

Referências


Dias, Rosa Maria -- Ensaio “A influência de Schopenhauer na filosofia de Nietzsche em O Nascimento da Tragédia” -- Cadernos de Nietzsche 3 -- Eduerj.

Hanna, Judith Lynne -- A linguagem da dança. Merleau-Ponty, Maurice. O olho e o espírito. São Paulo, Cosac & Naify, 2004.

Nietzsche, Friedrich. O Nascimento da Tragédia. Tradução, notas e posfácio de J. Guinsburg, Ed. Cia das Letras ,1992.

Soares, Profª Marília Vieira -- Ballet ou dança moderna? Uma questão de gênero.- Trabalho de dissertação de mestrado na ECA-USP -- 1996.

Valery, Paul. A Alma e a Dança, Rio de Janeiro: Imago, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.