REFLEXÃO SOBRE O ESPAÇO DECADENTISTA: ENSAIO SOBRE O LUDISMO E A LOUCURA NA PRODUÇÃO DO ESPAÇO FICCIONAL DECADENTISTA

Ítalo Meneghetti Filho

Resumo


O espaço decadentista é o espaço de contradições cortantes e elementos híbridos, engendrados pela construção desconstruída onde a descensão das suas formas-vida a um estado essencial de existência e sobrevivência, possibilita a ascese poética pelo entrelaçamento entre o que é demente e sensato, num hiato de divertimento libertino e lúcida loucura.

Texto completo:

PDF

Referências


AMIM, Mônica. Labirinto dos sentidos: a vertigem do romantismo e do neo-romantismo

em Goethe e Huysmans . ( Texto produzido para seminário no curso: “Decadentismo

tropical e poses da modernização” ). Rio de Janeiro: UFRJ / Pós Graduação --

Faculdade de Letras, 2002.

ABREU, M. Evolução urbana do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IPLAN / Zahar, 1987.

BACHELARD, G. A poética do espaço . São Paulo: Martins Fontes, 1988.

BARTHES, Roland. O prazer do texto . São Paulo: Perspectiva, 1999.

BAUDELAIRE, Charles. As flores do mal . São Paulo: Martin Claret, 2001.

BAUDRILLARD, J. América . Rio de Janeiro: Rocco, 1986.

BENJAMIN, W. A Paris do segundo Império em Baudelaire . In: Kothe, F. (org) W.

Benjamin. São Paulo: Ática, 1985.

______ . Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo . São Paulo: Brasiliense,

BERMAN, M. Tudo que é sólido desmancha no ar. São Paulo: Companhia das Letras,

BORNHEIM, Gerd. Os filósofos pré-socráticos . São Paulo: Cultrix, 1977.

BOUÇAS, Edmundo. Mascaramentos da cidade: poses da modernização . (Texto

Fotocopiado).

______ . João do Rio, lector de Gomes Carrillo . (Texto fotocopiado).

CASTORIADIS, C. A instituição imaginária da sociedade . Rio de Janeiro: Paz e Terra,

CIORAN, Emile M. 193 fragmentos de Cioran . Tradução e organização de Ezio Flávio

Bazzo. Brasília: Novos Tempos Editora, 1986.

FAGUNDES, Seabra. O Decadentismo . (Texto fotocopiado).

FOUCAULT, M. Microfísica do poder . Rio de Janeiro: Graal, 1979.

FRIEDRICH, Hugo. Estrutura da lírica moderna . São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1975.

GILPIN, Alan. Dicionário de termos do ambiente. Lisboa (Portugal): Publicações Dom

Quixote, 1980.

GOMES, Paulo César da Costa et al. O espaço na Modernidade . In: O Espaço em Questão.

Revista Terra Livre. n. 5. São Paulo: AGB / Marco Zero, 1988. p. 47-67.

GRIBBIN, John. Tempo: o profundo mistério do universo . Rio de Janeiro: Francisco Alves,

GUATTARI, F. e ROLNIK, S. Micropolítica: cartografia do desejo . Petrópolis: Vozes,

______ . Espaço e Poder: a criação de territórios na cidade . In: Espaço e Debates, n. 16,

ano V. São Paulo: Cortez. s / d.

GULLAR, Ferreira. Nise da Silveira: uma psiquiatra rebelde . Rio de Janeiro: Relume-

Dumará / Rio Arte, 1996.

HEIDEGGER, Martin. Sobre o problema do Ser -- O caminho do campo. São Paulo:

Livraria Duas Cidades, 1969.

HOCKE, Gustav. Maneirismos: o mundo como labirinto. São Paulo: Perspectiva, 1974.

HOUAISS, Antônio e Mauro de Salles Villar. Minidicionário Houaiss da Língua

Portuguesa . Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

LIGHTMAN, Alan. Sonhos de Einstein . São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

HUYSMANS, J. -- K. Às Avessas . Tradução e estudo crítico de José Paulo Paes. São Paulo:

Companhia das Letras, 1987.

MAFFESOLI, M. O tempo das tribos . Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1987.

MARCONI, M. de A. et al. Antropologia: uma introdução. São Paulo: Atlas, 1998.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O olho e o espírito . Rio de Janeiro: Grifo Edições, 1969.

MESSER, Orna. A cidade e a modernidade: João do Rio . In: Remate de Males. Campinas:

UNICAMP, 1990. p. 21-25.

MOREIRA, Igor. O espaço geográfico . São Paulo: Ática, 1995.

MORIN, Edgar. O método I: a natureza da Natureza . Portugal: Publicações Europa-

América, s / d. p. 333-353.

NOVAES, Adauto. Sobre o tempo e história. ( Texto fotocopiado).

PINTO, Maria de Lourdes de Melo (Malú). Paradoxo da modernidade: destruição /

Construção nos cenários da capital . ( Texto elaborado para seminário no curso

“Decadentismo tropical e poses da modernização” ). Rio de Janeiro: UFRJ / Pós-

Graduação da Faculdade de Letras, 2002.

PRIGOGINE, Ilya. O nascimento do tempo . Lisboa (Portugal): Edições 70, 1990.

ROSSET, Clément. A antinatureza: elementos para uma filosofia trágica . Rio de Janeiro:

Espaço e Tempo, 1989.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo; razão e emoção . São Paulo: Hucitec,

______ . Por uma geografia nova . São Paulo: Hucitec, 1978.

______ . Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal . Rio

de Janeiro: Record, 2000.

______ et alii. O espaço geográfico como categoria filosófica . In: O espaço em questão.

Revista Terra Livre n. 5. São Paulo: AGB -- Associação dos Geógrafos Brasileiros /

Marco Zero, 1988. p. 9-20.

SECCO, Carmen Lúcia Tindó. Morte e prazer em João do Rio. Rio de Janeiro: Francisco

Alves / SEEC-RJ, 1978.

VELLOSO, Isabela Monken. Europa, uma nova fisionomia . ( Texto escrito para seminário

no curso “Decadentismo tropical e poses da modernização” ). Rio de Janeiro: UFRJ /

Pós-Graduação da Faculdade de Letras, 2002.

WILDE, O. O retrato de Dorian Gray . São Paulo: Abril, 1981.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.