O PALCO EM TRÊS DIÁLOGOS : A TERRA, O HABITAR E O SAGRADO

Fábio Santana Pessanha

Resumo


Tradicionalmente, o teatro é pensado pelo prisma da funcionalidade, do fazer arte no qual vigora a relação binária “forma versus conteúdo”. Neste empenho, há algo para ser dito e uma mensagem a ser revelada objetivamente, isto é, arbitra-se uma resposta a determinada inquietude ao tentar resolver a tensão entre páthos e problema , onde páthos pode ser entendido como uma comoção arrebatadora tanto para o sofrimento quanto para a felicidade e problema é aquilo que gera o questionamento, é o algo a ser resolvido.


Texto completo:

PDF

Referências


ANAXIMANDRO, PARMÊNIDES E HERÁCLITO. Os pensadores originários. Tradução de Emmanuel Carneiro Leão e Sérgio Wrublewski. Petrópolis, RJ: Vozes, 1991.

CASTRO, Manuel Antônio de. O Acontecer Poético. 2ª ed. Rio de Janeiro: Antares, 1982.

___________. Heidegger e as questões da arte. In: CASTRO, M. A. (org.). A Arte em Questão: As Questões da Arte. Rio de Janeiro: 7Letras, 2005.

HEIDEGGER, Martin. A origem da obra de arte. Tradução de Idalina Azevedo Silva & Manuel Antônio de Castro. Programa de Pós-Graduação de Ciência da Literatura. Rio de Janeiro: Faculdade de Letras/UFRJ, 2006. (obra não publicada).

___________. O caminho do campo . Petrópolis: Vozes, s/d. fotocópia.

___________ . Ensaios e conferências. Tradução de Emmanuel Carneiro Leão, Gilvan Fogel, Márcia Sá Cavalcante Schuback. 2ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

JARDIM, Antônio. Música: vigência do pensar poético. Rio de Janeiro: 7Letras, 2005.

STAIGER, Emil. Conceitos Fundamentais de Poética. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1975.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.