“AO LARGO DOS CARIOCAS”: ARTISTAS E IDENTIDADES NO LARGO DA CARIOCA

Renata Franco Saavedra, Diego de Souza Cotta

Resumo


Motivados pela complexidade das identidades urbanas que cruzam os espaços públicos da multifacetada metrópole fluminense, traçamos um(s) perfil(is) dos chamados “artistas de rua” atuantes no Largo da Carioca, importante ponto de circulação do Centro do Rio de Janeiro. O artigo é uma síntese das reflexões proporcionadas por uma análise das representações midiáticas e auto-referenciadas dos sujeitos em questão, estas obtidas através de trabalho de campo.

Palavras-chave: artistas de rua, identidades, antropologia urbana.


Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, Luciana Gonçalves de. Os Espetáculos de Rua do Largo da Carioca . Rio de Janeiro, IFCS/UFRJ, 1997.

COULON, Alain. A escola de Chicago . Campinas: Papirus, 1995.

GEERTZ, Clifford. Os usos da diversidade. In Horizontes Antropológicos . Porto Alegre, ano 5, n.10, p. 13-34, maio de 1999.

LÉVI-STRAUSS, Claude. “A Crise Moderna da Antropologia”. Revista de Antropologia , São Paulo, 10:1-2, 1962.

MAGNANI, José Guilherme C. Quando o campo é a cidade: fazendo antropologia na metrópole. In: Na Metrópole : textos de antropologia urbana. São Paulo: EDUSP: FAPESP, 2000.

SEEGER, Anthony. Os índios e nós . Rio de Janeiro: Campus, 1980.

TELLES, Narciso. Rastreando indícios : os artistas de rua da cidade do Rio de Janeiro (1850-1900). Revista Odisseo, CFCH, n. 20/21, janeiro/ dezembro de 1999.

VELHO, Gilberto. A Utopia Urbana . Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1975.

_____________. Individualismo e cultura: Notas para uma Antropologia da Sociedade Contemporânea . Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

_____________. Projeto e metamorfose : Antropologia das Sociedades Complexas. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

_____________. Entrevista à revista Humanas, em outubro de 1998, disponível em http://www.ifcs.ufrj.br/~humanas/0032.htm . Acesso em 01/11/06.

VELHO, Otávio Guilherme (org.). O Fenômeno Urbano . Rio de Janeiro: Zahar editores, 1973.

http:// www.dcomercio .com.br/especiais/camara/2709_02.html//

http://www.sintufsc.ufsc.br/noticias_2006/0406_artistas.htm

http://www.usp.br/jorusp/arquivo/2003/jusp639/pag16.htm

http://www.centrodacidade.com.br/acontece/vs_largocarioca.htm

http://www.rioon.com/bairroseatrativos/largo_carioca.htm

http://daniellathompson.com/Texts/Pessoal/Pessoal.htm

http://veja.abril.com.br/vejarj/110603/cidade.html

Sobre essa recusa, Lévi-Strauss diz que “temem eles [os antigos povos colonizados] que sob a cobertura de uma visão antropológica da história humana há uma tentativa de fazer passar por aceitável uma diversidade desejável, o que lhes parece uma insuportável desigualdade . (...) Pois desde que lhes atribuíssemos este papel [de “selvagens”], não teriam eles para nós outra realidade que a de objetos -- quer de estudo científico, quer de dominação política e econômica”. LÉVI-STRAUSS. Idem, p.25.

Reportagem de Ivan Ventura, disponível em http:// www.dcomercio.com.br/especiais/camara/2709_02.html //. Acesso em 19/10/06.

TAVARES, Elaine. “ Artistas de Floripa protestam contra o descaso na cultura”. Disponível em http://www.sintufsc.ufsc.br/noticias_2006/0406_artistas.htm . Acesso em 19/10/06.

MORENO,Leila Kiyomura. “No MAC, é proibido proibir”. Disponível em http://www.usp.br/jorusp/arquivo/2003/jusp639/pag16.htm . Acesso em 19/10/06.

http://www.rioon.com/bairroseatrativos/largo_carioca.htm . Acesso em 06/11/06.

http://www2.uol.com.br/02neuronio/onde_rj_pass.htm . Acesso em 06/11/06.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.