Melancolia e furor em João Moreira Sales: crítica do filme “No intenso agora” (Brasil, 2017)

Bruno Cava

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Lugar Comum – Estudos de mídia, cultura e democracia