AS MULHERES E A TERRA, UMA SEPARAÇÃO NECESSÁRIA: INTEGRIDADE DO PATRIMÔNIO DOMÉSTICO E POSIÇÃO SUCESSÓRIA DAS FILHAS NA BABILÔNIA ANTIGA

Autores

  • Marcelo Rede

Palavras-chave:

Mesopotâmia, séculos XIX e XVIII a.C., herança, patrimônio doméstico.

Resumo

A proposta deste artigo é colocar em evidência um mecanismo de proteção da
integridade do patrimônio doméstico contra as regras de dispersão, que caracterizavam o processo de herança na Mesopotâmia dos séculos XIX e XVIII
a. C. Este mecanismo baseava-se na divisüo entre as mulheres e a terra que, ao mesmo tempo que previa que elas fossem dotadas com bens móveis, garantia a concentração de bens imóveis nas mãos dos homens da família.

Biografia do Autor

Marcelo Rede

Professor Adjunto de História Antiga do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da UFF.

Downloads

Publicado

2020-07-24

Como Citar

REDE, Marcelo. AS MULHERES E A TERRA, UMA SEPARAÇÃO NECESSÁRIA: INTEGRIDADE DO PATRIMÔNIO DOMÉSTICO E POSIÇÃO SUCESSÓRIA DAS FILHAS NA BABILÔNIA ANTIGA. PHOÎNIX, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 102–130, 2020. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/33320. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos