Análise Swot de Hemerotecas: acessibilidade e preservação documental do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Pernambuco

Diego Andres Salcedo, Kézia de Lira Feitos, Paulo Vitor dos Santos Crispim, José Almeida Lins Neto

Resumo


No presente artigo, buscou-se analisar os aspectos internos da Hemeroteca do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Pernambuco por meio de análise SWOT. Por meio do método exploratório e descritivo, a pesquisa possibilitou a identificação das forças, fraquezas, ameaças e oportunidades, assim como foi possível encontrar possíveis soluções para as principais problemáticas que envolvem a Hemeroteca. O estudo de caso revelou duas fraquezas consideradas de primeira ordem. A primeira diz respeito ao mau acondicionamento do acervo, que ocasionou grandes prejuízos e perdas à coleção de Jornais raros de Pernambuco datados do século XIX e XX. Tais perdas foram ocasionadas principalmente por ataque de agentes biológicos e físicos de deterioração, além das sujidades e estado precário do ambiente em que se encontravam. A segunda diz respeito a inefetividade da acessibilidade interna do edifício. A principal contribuição do estudo reside na solução desses problemas ao indicar os passos necessários para o acondicionamento adequado e proteção dos documentos contra os agentes de deterioração físicos, químicos e biológicos que podem atacar os periódicos da Hemeroteca, assim como indicar as possíveis soluções para a otimização do acesso à Hemeroteca para as pessoas com necessidades especiais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

ISSN: 2525-7935