Modelo de fluxo do conhecimento nas organizações: proposta de mapeamento para construção e gestão de portal de periódico

Autores

  • Jorge Santa Anna Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.47681/rca.v2i2.12566

Palavras-chave:

Conhecimento organizacional, Gestão do conhecimento, Organização, tratamento e recuperação do conhecimento, Portal de periódicos científicos.

Resumo

O conhecimento gerado nas organizações tem se manifestado de diferentes formas, como também tem sido objeto de diversos estudos, sobretudo no que se refere ao mapeamento dos fluxos que sustentam a sua tramitação no ambiente organizacional. Sendo assim, este estudo constitui uma pesquisa inicial, cujo objetivo é apresentar o mapeamento do fluxo do conhecimento em organizações, tendo como base um modelo proposto para formação, gestão, armazenamento e uso de publicações periódicas. Para tanto, o presente texto apresenta aspectos relativos à produção e gerenciamento do conhecimento nas organizações; discorre sobre as diversas manifestações do conhecimento organizacional, seja no que tange ao conhecimento público ou restrito, tangível ou intangível, bibliográfico, arquivístico ou museológico; expõe as etapas de mapeamento do conhecimento, em suas diversas manifestações, tendo em vista viabilizar sua organização, gestão, armazenamento e uso; e, por fim, propõe modelo para fluxo do conhecimento, considerando a sistematização de um portal eletrônico para periódicos. Metodologicamente, a pesquisa caracteriza-se como descritiva e bibliográfica, recorrendo-se à análise de alguns modelos teóricos para fluxo do conhecimento discorrido na literatura, tal como: modelo de gestão do conhecimento, modelo para gestão de coleções impressas, modelo para tratamento documental e modelos para tratamento documental com foco na recuperação da informação e uso dos sistemas. Por meio das análises na literatura, em linhas gerais, é estabelecido um modelo que direcione a elaboração de um portal para contemplar as publicações periódicas. Os resultados preliminares deste estudo evidenciaram que, ao estabelecer o modelo para mapeamento do fluxo de conhecimento contido em publicações periódicas, a organização usufruirá de um direcionamento do caminho a ser percorrido para que o produto final esperado seja concretizado, qual seja a elaboração do portal de periódicos, gerando, dessa forma, um artefato tecnológico que garanta maior visibilidade das publicações, por conseguinte o uso efetivo desse tipo de conhecimento registrado.  

Biografia do Autor

Jorge Santa Anna, Universidade Federal de Minas Gerais

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, 2012). Atualmente, é instrutor de cursos sobre Normalização e Editor de Textos para Trabalhos Acadêmicos e Redação Oficial no Departamento de Pessoas da UFES; mestrando do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); bolsista do projeto elaboração e implantação de uma política de periódicos e construção do portal de periódicos de Minas Gerais, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG); membro do grupo de pesquisa Informação e sistemas de informação: Estudos de usuários e usos, financiado pelo CNPQ; atua no ramo da consultoria informacional, com foco em normalização, estruturação e revisão de projetos e pesquisas acadêmico-científicas; ministra aulas, cursos e treinamentos sobre metodologia científica e leciona nos cursos de Biblioteconomia e Administração; e é revisor e assessor do periódico Pró-Discente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFES . Tem experiência na área de consultoria de acervos bibliográficos, normalização e revisão de trabalhos científicos. Realiza pesquisa em diferentes temáticas da Ciência da Informação, trabalhando principalmente com os seguintes temas: formação continuada, tratamento da informação, fazer bibliotecário, tecnologia da informação, formação e desenvolvimento de coleções e organização da informação e do conhecimento, com foco nas novas formas de representação e linguagem documentária direcionadas à gestão de coleções digitais.

Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K8131480Z4

Downloads

Publicado

2017-12-20

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa