Pós-verdade e Fontes de Informação: um estudo sobre fake news

Lorena Tavares de Paula, Thiago dos Reis Soares da Silva, Yuri Augusto Blanco

Resumo


O presente trabalho demonstra como o termo pós-verdade, escolhida como palavra do ano pelo dicionário Oxford em 2016, se relaciona aos conceitos de fake news e  fontes de informação noticiosas em meio digital. Para tanto, a pesquisa foi efetivada a partir da análise de duas fake news, amplamente disseminadas em plataformas digitais e em aplicativos de celulares. As análises tiveram como base investigativa três dimensões metodológicas para exame das estruturas de apresentação e disseminação de fake news: dimensão descritiva, dimensão analítica e dimensão estrutural. Essas dimensões orientaram a resposta da indagação: Quais são os elementos que levam à apropriação de fake news?  Os resultados desse estudo proporcionaram a composição de um arcabouço conceitual para a compreensão do que é uma fonte de informação auditada em meio digital. Sobretudo, proporcionou reflexões sobre a arquitetura informacional de uma fake news.


Palavras-chave


Fake news. Pós-verdade. Arquitetura da informação. Fontes de informação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.47681/rca.v3i1.16764

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

ISSN: 2525-7935

Bases de Dados e Diretórios