A memória social registrada no Facebook

Ilaydiany Oliveira Silva

Resumo


Este artigo aborda a questão da memória registrada através das redes sociais, tendo enfoque no Facebook. Utiliza como metodologia uma revisão bibliográfica através de artigos, livros, anais de eventos e sites que abordam o conceito de memória e de redes sociais, buscando assim compreender a possível relação existente entre os dois termos e verificar como o Facebook tem contribuído com o armazenamento das informações pessoais dos indivíduos. Objetiva-se verificar como o processo de guarda da memória de uma sociedade vem sendo empregada no âmbito digital. Assim, será possível depreender como o Facebook integrou-se a vida social dos indivíduos e quais são as vantagens e desvantagens do armazenamento de informações pessoais disponibilizadas através da web. Conclui que as redes sociais online podem ser consideradas grandes repositórios da memória social, pois a mesma além de registrar, armazenar e recuperar as informações, também tem proporcionado a possibilidade de atuar diretamente nas recordações que constituem a memória da nossa sociedade.


Palavras-chave


Memória; Redes Sociais; Facebook.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

ISSN: 2525-7935