A perspectiva do valor de informação: aplicação teórica no Laboratório de Tecnologias Intelectuais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47681/rca.v5i2.39368

Palavras-chave:

Regime de informação, Ações de informação, Valor de informação, Gestão da informação, Laboratório de Tecnologias Intelectuais

Resumo

Compartilha os primeiros resultados da pesquisa “O Laboratório de Tecnologias Intelectuais como valor de informação”, em desenvolvimento no Departamento de Ciência da Informação, em cooperação com o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Apresenta o modelo teórico do Regime de Informação, o modelo operativo da Rede de projetos e as ações de informação em curso no espaço social constituído pela comunidade acadêmica, em níveis de graduação e pós-graduação. Discute as relações entre ações formativas, de mediação e relacionais, considerando as abordagens de González de Gómez e Collins e Kush e a proposição de uma “teoria da ação” de Wersig e Windell, no âmbito do regime de informação do campo da pesquisa. Nesse contexto considera que é possível entender que as ações de informação na rede de projetos do regime de informação do Laboratório de Tecnologias Intelectuais se caracterizam como um  valor de informação em si, produzido e direcionado para uma forma de vida constituída pela comunidade acadêmica que atua no campo da Ciência da Informação. Espera-se que a continuidade da pesquisa ofereça novos e reveladores insights e reafirme a perspectiva do Laboratório de Tecnologias Intelectuais como valor de informação, ou informação em si, ao mesmo tempo em que se revele como espaço social para uma experiência de intervenção no regime de informação de uma forma de vida acadêmica, no Brasil.

Biografia do Autor

Isa Maria Freire, UFPB

Doutora em Ciência da Informação. Professora associada da Universidade Federal da Paraiba. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFPB. Líder do Grupo de Pesquisa Informação e Inclusão Social (CNPq).

Publicado

2020-12-09

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa