Um estudo sobre a produção científica em gênero e sexualidade na Ciência da Informação através da análise de redes sociais

Luís Carlos da Silva, Edvaldo Carvalho Alves, Fellipe Sá Brasileiro

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar a produção científica sobre gênero e sexualidade na Ciência da Informação através da análise de redes sociais. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem mista, do tipo documental por trabalhar com artigos científicos voltados aos temas gênero e sexualidade publicados em periódicos e indexados na BRAPCI no período de 1972 a 2020. Para a análise dos dados, utilizou-se o método de análise de redes sociais, por meio de grafos feitos nos softwares UCINET e Netdraw. A partir dos artigos recuperados, pode-se analisar o perfil dos pesquisadores com base em seus atributos. Dentre os resultados principais, constatou-se que os temas tiveram maior ênfase nos estudos, nos últimos três anos, sendo 2020, o ano com o maior índice de publicação. A rede colaborativa sobre gênero e sexualidade prevalece no período analisado e as regiões Sudeste e Nordeste foram as que apresentaram os maiores índices de estudos e atores identificados. Conclui-se que a rede de produção colaborativa se configura como importante elemento para o desenvolvimento dos temas.


Palavras-chave


Sociedade da Informação.

Texto completo:

PDF EPUB HTML


DOI: https://doi.org/10.47681/rca.v7i1.49214

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Revista Conhecimento em Ação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


ISSN: 2525-7935

Bases de Dados e Diretórios
 
Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação  Latindex Perfil da Revista Conhecimento em Ação no Google Acadêmico