Análise técnica dos livros publicados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47681/rca.v8i1.57934

Palavras-chave:

normalização, editoração, publicações oficiais, agências governamentais

Resumo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é uma produtora de conteúdos técnicos e científicos de vital importância para o país, tendo, nos livros, significativa representatividade. Entretanto, como grande parte dos órgãos públicos, a Anvisa não possui, formalmente, uma editora em sua estrutura organizacional. Por isso, o objetivo do presente estudo foi examinar o atendimento às normas de publicação de livro nos exemplares publicados pela agência, verificando, assim, qual a importância das editoras para a normalização das publicações. Os resultados mostraram que os conteúdos publicados são exemplares, porém as obras apresentam alguns deslizes no atendimento às normas de publicação de livros, demonstrando o valor das editoras quando se trata de cumprimento das normas de publicação.

Biografia do Autor

Fernanda Maciel Rufino, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Fernanda Maciel Rufino (Citação: RUFINO, Fernanda Maciel). Graduada em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília (2010 - 2014). Pós graduada em Letramento informacional: Educação para a Informação pena Universidade Federal de Goiás. Atualmente Assistente pesquisadora atuando em projetos no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia na Coordenação de Tecnologia para Informação (COTEC).

Bernardo Dionízio Vechi da Silva, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília (UnB). Bibliotecário e pesquisador no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

Milton Shintaku, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Milton Shintaku Mestre e doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília, coordenador de Tecnologia para Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (Brasil). Cartilha de vigilância sanitária: cidadania e controle social. 2. ed. Brasília: Anvisa, 2002. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_vigilancia.pdf. Acesso em: 09 nov. 2022.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (Brasil). Relatório da ouvidoria 2013. Brasília: Anvisa, 2014. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/relatorio_ouvidoria_2013.pdf. Acesso em: 09 nov. 2022.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (Brasil). Resolução de Diretoria Colegiada - RDC nº 446, de 11 de dezembro de 2020. Altera a Resolução de Diretoria Colegiada - RDC n° 255, de 10 de dezembro de 2018, que aprova e promulga o Regimento Interno da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa.. Diário Oficial da União: Brasília, DF, seção 1, ano , n. 238, p. 113-118, 11 de dezembro de 2020. Disponível em: https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/core/consulta.action. Acesso em: 05 abr. 2023.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 10520: Informação e documentação: Referências: Elaboração. Rio de Janeiro: ABNT, 2002.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6023: Informação e documentação: Citações em documentos: Apresentação. Rio de Janeiro: ABNT, 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6027: Informação e documentação: Sumário: Apresentação. Rio de Janeiro: ABNT, 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6029: Informação e documentação: Livros e folhetos: Apresentação. Rio de Janeiro: ABNT, 2006.

BRASIL. Decreto n. 3.029, de 16 abril de 1999. Aprova o Regulamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e dá outras providências. 1999b. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3029.htm. Acesso em: 03 nov. 2022.

BRASIL. Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1993. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv23907.pdf. Acesso em: 05 nov. 2022.

BRASIL. Lei n. 9.782, 26 de janeiro de 1999. Define o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, cria a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e dá outras providências. 1999a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9782.htm. Acesso em: 03 nov. 2022.

BRASIL. Presidência da República. Publicações oficiais brasileiras: guia para editoração. 1.ed. Brasília: Presidência da República, 2010. Disponível em: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/publicacoesoficiais/publicacoes-oficiais-brasileiras-guia-paraeditoracao-cor. Acesso em: 25 out. 2022.

DE SOUZA, F. das C.. Lineamento geral para o estudo da Publicação Oficial no Brasil. Museologia & Interdisciplinaridade, v. 12, n. 2, p. 183-195, 1984.

FREYRE, G. “Publicações oficiais, essas desconhecidas”. O Cruzeiro, 31 mar. 1951, p. 10. (edição 0024). Disponível em: memoria.bn.br/docreader/DocReader.aspx?bib=003581&pagfis=75009. Acesso em: 27 dez. 2022.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LOMBARDI, M.. Brazilian serial documents: a selective and annotated guide. Bloomington, Indiana University Press, 1974.

OLIVEIRA, S. L. Tratado de metodologia científica: projetos de pesquisas, TGI, TCC, Monografias, Dissertações e Teses. São Paulo: Pioneira, 2001.

RUFINO, Fernanda Maciel; SANTOS, Priscila Rodrigues dos; TEIXEIRA, Mariana Lozzi; SHINTAKU, Milton. Guia para a editora da Anvisa: o passo a passo para a gestão do fluxo editorial das publicações no software OMP. Brasília: Ibict, 2021a. Disponível em:

https://bibliotecadigital.anvisa.ibict.br/jspui/handle/123456/190. Acesso em: 14 dez. 2022.

RUFINO, Fernanda Maciel; VECHI, Bernardo Dionízio; SCHIESSL, Ingrid Torres; SHINTAKU, Milton. Guia para a publicação de livros. Brasília: Ibict, 2021b. Disponível em: http://bibliotecadigital.anvisa.ibict.br/jspui/handle/123456/205. Acesso em: 14 dez. 2022.

SCHIESSL, Ingrid Torres; SHINTAKU, Milton; SANTOS, Marcelle Costal de Castro dos; SILVA, Bernardo Dionízio Vechi da. Cenário das bibliotecas de governo do Poder Executivo Federal. Revista Conhecimento em Ação, n. 2, v. 6, p. 140-158, 2021. DOI: https://doi.org/10.47681/rca.v6i2.44375. Disponível em:

https://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/44375. Acesso em: 15 jan. 2023.

Publicado

2023-08-08

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa