Desempenho das Fusões e Aquisições na Indústria Brasileira na Década de 90: a Ótica das Empresas Adquiridas

Frederico Rocha, Mariana Iootty, João Carlos Ferraz

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar os efeitos do processo de F&A sobre o desempenho das empresas industriais adquiridas no Brasil entre 1990 e 1997. A partir de dados de balanço de 120 empresas adquiridas, o trabalho conclui que: (i) não há evidência de aumento da rentabilidade das empresas até dois anos após sua aquisição; (ii) suas parcelas de mercado não parecem se alterar significativamente; (iii) não se encontram diferenças estatisticamente significativas no comportamento de investimento; (iv) as empresas privatizadas são as únicas em que a rentabilidade se altera com significância estatística; (v) ao mesmo tempo, as empresas que eram estatais antes da aquisição têm o comportamento em termos de rentabilidade significativamente superior à média das empresas; e (vi) não se encontra diferença entre o comportamento das empresas adquirentes nacionais e estrangeiras. Estes resultados parecem indicar que os processos de F&A não parecem alterar substancialmente o cenário de crescimento da indústria brasileira.

Palavras-chave


fusões; aquisições; indústria; empresas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Frederico Rocha, Mariana Iootty, João Carlos Ferraz

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
e-mail: rec@ie.ufrj.br