Edições anteriores

2021

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 25, n. 1, jan./abr. 2021

Palavras-chave: Brasil; heranças; tributação de heranças; mobilidade intergeracional; distribuição de renda e riqueza; simulação macroeconômica; crescimento econômico; indústria; análise de insumo-produto qualitativa; desenvolvimento econômico; BNDES; política monetária; bancos de desenvolvimento; TJLP; PIB; PIB per capita feminino; rendimento per capita; macroeconomia de gênero; desigualdade; desigualdade multidimensional; índices de desigualdade; Raúl Prebisch; Cepal; estruturalismo latino-americano; sistema centro-periferia; América Latina. 

Keywords: Brazil; inheritance; inheritance taxation intergenerational mobility; wealth and income distribution; macroeconomic simulation; economic growth; industry; qualitative input-output analysis; development economics; BNDES; monetary policy; development banks; TJLP; GDP; female per capita GDP; per capita income; gender macroeconomics; inequality; multidimensional inequality; inequality index; Raúl Prebisch; Eclac; Latin American structuralism; center-periphery system; Latin America.


2020

REC, v. 24, 2020: equipe editorial e pareceristas

PARTICIPARAM DA AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DOS MANUSCRITOS PUBLICADOS NO ANO DE 2020:

Equipe Editorial da REC: Marta dos Reis Castilho (UFRJ), André de Melo Modenesi (UFRJ), Angela Ganem (UFRJ), Carlos de Aguiar Medeiros (UFRJ), Eduardo Pontual (UFRJ), Fabio Freitas (UFRJ), João Luiz Maurity Saboia (UFRJ), Lena Lavinas (UFRJ), Marcelo Matos (UFRJ), Carolina Dias (UFRJ)

Pareceristas Convidados: Pedro Rossi (USP), Ana Rosa Mendonça (Unicamp), Luiz Fernando de Paula (UFRJ), Carlos Pinkusfeld M Bastos (UFRJ), Ricardo Bielschowski (UFRJ), Eduardo Crespo (UFRJ), Norberto Montani (UFRJ), Andre Lourenço (UFRN), Fábio Henrique Bittes Terra (UFABC), Alain Herscovici (UFES), Gentil Corazza (UFRGS), Daniela Magalhães Prates (Unicamp), Rogerio Studart (Banco Mundial), Antonio Alves Jr (UFRRJ), Simone Cuiabano (Min. Economia), Paulo Furquim Azevedo (INSPER), Rosa Maria Marques (PUC-SP), Sergio Mendonça (DIEESE), Sergio Kannebley (USP).

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 24, n. 3, set./dez. 2020

Palavras-chave: taxa de juros real; setor financeiro; financeirização; produção científica e tecnológica; instituições de ensino superior; função de produção de conhecimento; binomial negativo; Brasil; reforma da previdência social; eficiência da receita; produtividade do trabalho; formalização da força de trabalho; economia brasileira; poder de barganha; produtos lácteos; oligopsônio; concentração no varejo; indústria de laticínios; cadeias globais de valor; inovação; Argentina; empresas industriais; teoria do desenvolvimento; debate Nurkse-Furtado; desenvolvimento; Thorstein Veblen; institucionalismo americano; pensamento institucionalista contemporâneo.  

Keywords: real interest rate; financial sector; financialization; scientific and technological production; higher education institutions; knowledge production function; negative binomial model; Brazil; pension reform; revenue efficiency; labor productivity; formal employment; Brazilian economy; buyer power; dairy products; oligopsony; retail concentration; dairy industry; global value chains; innovation; Argentina; manufacturing companies; development theory; Nurkse-Furtado’s debate; development; Thorstein Veblen; American institutionalism; contemporary institutionalist thought. 

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 24, n. 2, mai./ago. 2020

EDIÇÃO COM ARTIGOS EM HOMENAGEM AO PROFESSOR FERNANDO CARDIM DE CARVALHO // SPECIAL ISSUE WITH CONTRIBUTIONS IN HONOR OF PROFESSOR FERNANDO CARDIM DE CARVALHO

Palavras-chave: Keynes; tempo real; incerteza; liquidez; financiamento; desenvolvimento; sistema financeiro; Brasil; depressão; ciclos econômicos; sistema financeiro; financiamento da acumulação de capital; preferência pela liquidez; política de desenvolvimento financeiro; setor bancário; crédito; teoria pós-keynesiana; teoria monetária; incerteza keynesiana; tomada de decisão; mercados de ativos financeiros; convenções; especulação; riscos bancários; regulação bancária; crise financeira global; risco sistêmico; crise financeira; contágio; fragilidade financeira; margens de segurança; política fiscal; austeridade; equilíbrio com desemprego; racionalidade; método; taxas de juros; sistema financeiro; preferência pela liquidez; interest rate; financial system; liquidity preference   

Keywords: Keynes; real time; uncertainty; liquidity; finance/funding; development; Brazil; financial system; depression; business cycles; financial system; financing of capital accumulation; liquidity preference; financial development policy; banking sector; credit; Post-Keynesian theory; Keynesian uncertainty; decision making; financial asset’s markets; conventions; speculation; systemic risk; financial crisis; contagion; financial fragility; cushions of safety; fiscal policy; austerity; unemployment equilibrium; rationality; method; monetary theory; 

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 24, n. 1, jan./abr. 2020

Palavras-chave: CEPAL; Prebisch; pensamento econômico; desenvolvimento; Estruturalismo; distribuição de renda; crescimento; política econômica; história econômica; América Latina; mudança estrutural; taxa de câmbio; doença holandesa; restrição externa; poupança externa; sistema estatal; poder; guerra; preços das commodities; fluxos de capital; ciclos de crescimento e explosão; balança de pagamentos; crise do euro; sul da Europa; escola da dependência; política industrial.

Keywords: ECLAC; Prebisch; economic thought; development; Structuralism; income distribution; growth; economic policy; economic history; Latin America; structural change; exchange rate; Dutch disease; foreign constraint; foreign savings; interstate system; power; war; commodity prices; capital flows; boom-bust cycles; balance of payments; Eurocrisis; Southern Europe; dependency school; industrial policy.


2019

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 23, n. 3, set./dez. 2019

Palavras-chave: demanda efetiva; acelerador; supermultiplicador; decomposição da desigualdade; ocupação; classe média; mercado de trabalho; inovação; política; Brasil; segundo emprego; setor agrícola; Double-Hurdle; taxa de câmbio; ajuste externo; BRICS; modelos ARDL; negociações da dívida externa; instabilidade financeira; transferências internacionais; deficit público; dívida pública; interesses financeiros; Rodada Doha; barreiras tarifárias; barreiras não tarifárias; exportações; bem-estar.

Keywords: effective demand; accelerator; supermultiplier; inequality decomposition; occupation; middle class; labor market; innovation; policy; Brazil; second job; agricultural sector; Double-Hurdle; exchange rate; external adjustment; BRICS; ARDL models; N-ARD; external debt negotiations; financial instability; net transfer; budget deficits; Doha Round; tariff barriers; non-tariff barriers; exports; welfare.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 23, n. 2, mai./ago. 2019

EDIÇÃO ESPECIAL COM ARTIGOS APRESENTADOS NO WORKSHOP INTERNACIONAL DO GDEC-CRESSE SOBRE "AVANÇOS NA ANÁLISE DA POLÍTICA DE CONCORRÊNCIA" // SPECIAL ISSUE WITH PAPERS ORIGINALLY SUBMITTED TO THE GDEC-CRESSE INTERNATIONAL WORKSHOP ON ADVANCES IN COMPETITION POLICY ANALYSIS

Palavras-chave: penalidades antitruste; aplicação de leis antitruste; lei antitruste; cartéis; defesa da concorrência; mercado de energia elétrica; simulação Cournot-Nash; telecomunicações; banda larga; competição assimétrica; elasticidade da demanda; startups; empresas jovens; inovação; programa de leniência; compromisso de cessação; CADE; história econômica; estimação estrutural; avaliação de política; big data; algoritmos; governança algorítmica.

Keywords: antitrust penalties; antitrust enforcement; antitrust law; cartels; electricity market; Cournot-Nash simulation; telecommunications; broadband; asymmetric competition; elasticity of demand; competition policy; startups; young enterprises; innovation; leniency program; cooperation program; CADE; economic history of Brazil; structural estimation; policy evaluation; big data; algorithms; algorithmic governance.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 23, n. 1, jan./abr. 2019

Palavras-chave: economia comportamental; produtividade dos docentes; incentivos financeiros; repasse cambial; ambiente inflacionário; heterogeneidade setorial no repasse cambial; assimetria no repasse cambial; hierarquia de moedas; Bolsa Família;desoneração da cesta básica; nível de focalização; equilíbrio geral computável; espaço-tempo; Estado; federalismo; ICMS; tributação; fusão; aviação; transporte; DEA; eficiência; múltiplo emprego; oferta de trabalho; modelo Tobit; economia brasileira; depressão; economia keynesiana. 

Keywords: space-time; state; federalism; ICMS; taxation; behavioral economics; teacher productivity; financial incentives; Bolsa Família; tax relief; focalization level; computable general equilibrium; pass-through; inflationary environment; sectorial heterogeneity in the pass-through; pass-through asymmetry; money hierarchy; merger; aviation; transport; DEA; efficiency; multiple job; labor supply; Tobit model; Brazilian economy; depression; Keynesian economics


2018

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 22, n. 3, set./dez. 2018

Palavras-chave: discriminação de gênero; decomposição salarial; economia regional; desenvolvimento econômico; cadeias globais de valor; Estado; inserção externa; Curva de Kuznets Ambiental; emissões brasileiras de CO2; econometria de séries temporais; liberalização financeira; desempenho macroeconômico; Brasil; fragilidade financeira; Minsky; teoria da instabilidade financeira; distribuição de energia elétrica; rotatividade; jovens; mercado de trabalho; Logit Ordenado; inovação; crescimento; P&D; regressão quantílica.

Keywords: gender pay gap; decomposition of wages; regional economics; economic development; global value chains; State; foreign insertion; Environmental Kuznets Curve; Brazilian emissions of CO2; time series econometrics; financial liberalization; macroeconomic performance; financial fragility; Minsky; theory of financial instability; electric energy distribution; Brazil; labor turnover; young people; job market; Logit Ordered; innovation; growth; R&D; quantile regression.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 22, n. 2, mai./ago. 2018

Palavras-chave: desmatamento; florestas tropicais; custo de uso; Keynes; Coreia do Sul; investimento direto externo; internacionalização; universidades; institutos de pesquisa; consultores; survey de inovação; Argentina; metas de inflação; funções impulsos-resposta; países da América Latina; vetor de correção de erros; política monetária; mecanismos de transmissão; canal do crédito bancário; oferta; demanda;informalidade; diferenciais de rendimentos; decomposição; regressão quantílica; viés de seleção; Mises; socialismo; cálculo socialista; crítica.

Keywords: deforestation; tropical forests; user cost; Keynes; South Korea; foreign direct investment; internationalization; universities; research institutes; consultancies; innovation survey; Argentina; inflation targeting; Impulse response functions; Latin American countries; vector error correction; monetary policy; transmission mechanisms; channel bank credit; supply; demand; bank credit; informality; earnings differentials; decomposition; quantile regression; selection bias; Mises; socialism; socialist calculation; critique.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 22, n. 1, jan./abr. 2018

Palavras-chave: China; internacionalização do renminbi; sistema monetário internacional; desenvolvimento; socialização do investimento; instituições; ciclos econômicos; política industrial; semicondutores; comércio estratégico; mudança tecnológica; relações China-América Latina; investimento direto externo; comércio internacional; infraestrutura; taxa de mais-valia; rentabilidade; novo normal; economia chinesa; Ásia; sul global; ordem global neoliberal; partido-estado; classe capitalista; acumulação de capital.

Keywords: China; internationalization of the renminbi; international monetary system; development; socialization of investment; institutions; economic cycles; industrial policy; semiconductors; strategic trade; technological change; China-Latin America relations; foreign direct investment; trade; infrastructure; rate of surplus value; profitability; new normal; Chinese economy; Asia; global south; neoliberal global order; party-state; capitalist class; capital accumulation.


2017

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 21, n. 3, set./dez. 2017

Palavras-chave: "Milagre" brasileiro; desigualdade de renda; diferenciais salariais; política fiscal; Novo Consenso; Plano Real; Governo Lula; assimetrias de informação; certificação; comportamentos oportunistas; bem-estar social; opacidade dos preços; contas públicas; dívida líquida do setor público; necessidade de financiamento do setor público, liquidez internacional; Brasil; pagamentos por serviços ambientais; condicionantes econômicos; percepções de risco e incerteza, valoração contingente; desigualdade; setor privado; funcionários públicos; renda dos empregados; complexidade econômica; sofisticação econômica; mudança estrutural; auto-descoberta; Product Space.

Keywords: Brazilian “miracle”; income inequality; wage differentials; fiscal policy; New Consensus; Real Plan; Lula Government; information asymmetries; certification; opportunistic behaviors; social welfare; prices opacity; public accounts; public sector net debt; public sector borrowing requirements; international liquidity; Brazil; payments for environmental services; economic constraints; risk and uncertainty; contingent valuation; inequality; private sector; public workers; income employees; economic complexity; economic sophistication; structural change; self-discovery; Product Space.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 21, n. 2, mai./ago. 2017

EDIÇÃO ESPECIAL COM ARTIGOS SOBRE  "O DESENVOLVIMENTO NO SÉCULO XXI" // SPECIAL ISSUE ON "DEVELOPMENT THINKING IN THE 21st CENTURY"

Palavras-chave: Keynes; Joan Robinson; macroeconomia; história das ideias econômicas; economia clássica; economia neoclássica; futebol; demanda; cadeia produtiva; política monetária; taxa de juros; taxa de câmbio; finanças funcionais; moeda endógena; desenvolvimentismo; política econômica; investimento público; política industrial; industrialização brasileira; economia brasileira; século XIX; política social; desigualdade; América Latina; estruturalismo; Dilma Rousseff; Lulismo; golpe de 2016; Operação Lava-Jato; nova matriz econômica; novo desenvolvimentismo; política macroeconômica; preços macroeconômicos; mudança estrutural.

Keywords: Keynes; Joan Robinson; macroeconomics; history economic thought; neoclassical synthesis; football; demand; supply chain; monetary policy; interest rate; exchange rate; functional finance; endogenous money; developmentalism; economic policy; public investment; industrial policy; Brazilian industrialization; Brazilian economy; 21st century; social policy; inequality, Latin America; structuralism; Dilma Rousseff; Lulism; 2016 Coup; Car-Wash Operation; new economic matrix; new developmentalism; macroeconomic policy; macroeconomic prices; structural change.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 21, n. 1, jan./abr. 2017

Palavras-chave: China; migração; planejamento regional; concentração dos investimentos; Hukou; inadimplência; crédito; renda; ciclos econômicos; salário mínimo; mercado de trabalho; VAR; ciclos de negócios; Money-in-the-Utility function; cash-in-advanced; economia brasileira; alíquotas efetivas; carga tributária; análise comparativa; política monetária; mercado de trabalho; DSGE; Nordeste; desigualdade educacional; Índice de Gini Educacional (IGE); dependência espacial; biografia; Fábio Erber; desenvolvimento; política industrial; política tecnológica; convenção do desenvolvimento.

Keywords: China; migration; regional planning; concentration of investments; Hukou; default; credit; income; business cycles; minimum wage; labor market; VAR; business cycles; money-in-the-utility function; cash-in-advanced; Brazilian economy; effective rates; tax burden; comparative analysis; monetary policy; labor market; searching and matching; DSGE; Northeast; educational inequality; Educational Gini Index (IGE); space dependence; biography; Fabio Erber; development; industrial policy; technological policy; development convention.


2016

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 20, n. 3, set./dez. 2016

Palavras-chave: EUA; economia das rendas; distribuição de renda; Amazônia brasileira; assentamentos da reforma agrária; reservas coletivas; gestão coletiva de recursos naturais; instituições; direitos de propriedade; atribuição de direitos; feixe de direitos; economia criativa; criatividade; atividades criativas; desenvolvimento regional; instituições; direito e economia; regulação ambiental; política ambiental; Brasil; governança territorial; Amazônia; trajetórias tecnológicas rurais; mercado de terras; arranjos institucionais; município; governo local; UNESCO; lista do patrimônio mundial; capital social; cultura imaterial.

Keywords: US; rents economy; income distribution; Brazilian Amazon; agrarian reform settlements; collective reserves; common property resource management; property rights; entitlements; bundle of rights; law and economics; creative economy; creativity; regional development; creative activities; institutions; environmental law; environmental policy; Brazil; local government; territorial governance; Amazon; rural technological trajectory; land market; institutional arrangements; UNESCO; World Heritage List; social capital; immaterial culture.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 20, n. 2, mai./ago. 2016

Palavras-chave: estratificação socioeconômica; orçamento familiar; renda familiar; consumo; poupança; pesquisa de orçamento familiar; volatilidade cambial; América do Sul; modelo gravitacional; comércio internacional; contabilidade social; fluxo de fundos; riqueza financeira; inovação; teoria econômica; política de inovação; falhas de mercado; sistema de inovação; mercado de trabalho; busca do emprego; capital humano; qualificação; análise dinâmica; modelo E-C-D; teoria neoschumpeteriana; competitividade industrial; desempenho econômico; concentração dos rendimentos; salário mínimo; mercado de trabalho.

Keywords: socioeconomic stratification; household expenditure; household income; family consumption; savings; family expenditure survey; exchange rate volatility; South America; gravity model; international trade; social accounting matrix; flow of funds; financial wealth; innovation; economic theory; innovation policy; market failures; innovation system; job market; job search; human capital; qualification; dynamic analyses; S-C-P model; neo-Schumpeterian theory; industrial competitiveness; economic performance; concentration of income; minimum wage; labor market.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 20, n. 1, jan./abr. 2016

Palavras-chave: dívida externa; FMI; Governo Figueiredo; desenvolvimentismo; política industrial; economia brasileira; economia sul-coreana; fronteira tecnológica; P&D; inovação; crescimento das firmas; commodity currencies; preços de commodities; taxa de câmbio brasileira; inflação; regime de metas de inflação; modelo VEC; política fiscal; gastos públicos; agentes não ricardianos; pobreza multidimensional; privação; estado da Bahia.

Keywords: foreign debt; IMF; Figueiredo administration; developmentalism; industrial policy; Brazilian economy; South Korean economy; technological frontier; R&D; innovation; firms’ growth; commodity currencies; commodity prices; Brazilian exchange rate; inflation; inflation targeting; VEC model; fiscal policy; government expenditures; non-Ricardian agents; multidimensional poverty; privation; rural area; state of Bahia; Brazil.


2015

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 19, n. 3, set./dez. 2015

ESPECIAL SOBRE MOBILIDADE URBANA // SPECIAL ISSUE ON URBAN MOBILITY

Palavras-chave: modelagem de transporte; mobilidade urbana; modelos EGC; São Paulo; valor do tempo. Palavras-chave: mobilidade urbana; tempo de deslocamento; região metropolitana; mercado de trabalho; congestionamento; valoração ambiental; Brasil; expansão fiscal; resultado estrutural; impulso fiscal; estagnação; Celso Furtado; desenvolvimento latino-americano; modelos de crescimento heterodoxos; restrição externa; demanda agregada; longo prazo; curto prazo; modelo VEC.

Keywords: transportation modeling; urban mobility; CGE modeling; São Paulo; value of time; commuting time; labor market; metropolitan region; traffic congestion; environmental valuation; Brazil; fiscal expansion; structural balance; fiscal impulse; stagnation; Celso Furtado; Latin American development; heterodox growth models; external constraint; aggregated demand; long run; short run; VEC model.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 19, n. 2, mai./ago. 2015

Palavras-chave: setor cultural; cluster; shift-share; municípios brasileiros; diversificação de atividades; diversificação espacial; tamanho da firma; capital fictício; heterodoxia; crises; pensamento econômico; investimento privado; modelos keynesianos; Brasil; crescimento econômico; tecnologia; emprego; insumo-produto, indústria; decomposição estrutural; abordagens heterodoxas; inflação; política monetária.

Keywords: cultural industries; cluster; shift-share; Brazilian municipalities; diversification of activities; spatial diversification; firm size; fictitious capital; heterodoxy; crises; economical theory; private investment; Keynesian models; Brazil; economic growth; technology; employment; input-output; industry; structural decomposition; heterodox approaches; inflation; monetary policy. 

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 19, n. 1, jan./abr. 2015

Palavras-chave: crédito industrial; fatores macroeconômicos; período pós estabilização; vendas no varejo; atividade econômica; economias estaduais; organização industrial; estrutura de capital e propriedade; infraestrutura; multidimensionalidade; Nordeste; pobreza; trabalho infantil; estrutura familiar; Brasil urbano; desindustrialização; comércio internacional; Brasil; GTAP; agroenergia; organização industrial; transnacionais; investimentos direto estrangeiro.

 

Keywords: industrial credit; macroeconomic factors; post-stabilization period; retail sales; economic activity; regional economies; industrial organization; ownership and control; infrastructure; multidimensionality; Northeast Brazil; poverty; child labor; single parents; urban Brazil; deindustrialization; international trade; Brazil; GTAP; agroenergy; industrial organization; transnational enterprises; foreign direct investment.


2014

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 18, n. 3, set./dez. 2014

Palavras‑chave: pass‑through; preços; nova macroeconomia aberta; teoria da equivalência Ricardiana; função consumo; economia brasileira; instituições; regras do jogo; organizações; modelos mentais; dimensões institucionais; câmbio; commodities; preços internacionais; risco da dívida; liberalização comercial; desigualdades salariais; Brasil; investimento em publicidade; hipótese de Galbraith; efeitos macroeconômicos; desemprego; microcrédito; bancos comerciais; impacto; geração de renda; bem-estar.

Keywords: pass‑through; price; New Open Macroeconomics; theory of Ricardian equivalence; consumption function; Brazilian economy; institutions; game rules; organizations; mental models; institutional dimensions; exchange rate; commodities; international prices; debt risk; trade liberalization; wage inequalities; Brazil; advertising investment; Galbraith’s hypothesis; macroeconomic effects; unemployment; microcredit; commercial banks; impact; income generation; wellbeing.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 18, n. 2, mai./ago. 2014

Palavras-chave: emprego industrial; condição de exportação; mercado de trabalho formal; dívida externa; emissão em reais; títulos soberanos; Brasil; Coreia do Sul; globalização tecnológica; P&D; integração financeira; internacionalização; multinacionais bancárias; commodities; exportações; taxa de câmbio; crescimento; vetores autorregressivos; choques de política monetária; resenha; sistema financeiro; bancos; abordagem keynesiana; Luis Fernando de Paula. 

Keywords: industrial employment; export condition; formal labor market; external debt; bonds issued in Brazilian reais; sovereign debt; Brazil; South Korea; technological globalization; R&D; financial integration; internationalization; multinational bank; commodities; exports; exchange rate; growth; vector autoregression; monetary policy shocks; identification; book review; financial systems; banks; Keynesian approach; Luis Fernando de Paula.

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 18, n. 1, jan./abr. 2014

Palavras-chave: Sistema Nacional de Inovação; tecnologia; competências; especialização; crescimento; economia não observada; economia informal; economia subterrânea; sistema de contas nacionais; gasolina; etanol; efeito substituição; efeito complementaridade; vetores autorregressivos estruturais; taxa de câmbio; mercado futuro; especulação; arbitragem; análise de decomposição estrutural; emissões de GEE; insumo-produto; padrão de consumo; interação universidade-empresa; inovação; aprendizado tecnológico

 Keywords: National Innovation System; technology; competencies; specialization; growth; non-observed economy; informal economy; underground economy; system of national accounts; gasoline; ethanol; substitution effect; complementarity effect; SVAR; exchange rate; future market; speculation; arbitrage; structural decomposition analysis; GEE emissions; input-output; consumption pattern; university-industry linkages; innovation; technological learning.

2013

Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 17, n. 3, set./dez. 2013

Palavras-chave: investimento direto externo; estruturas de mercado; política industrial; Brasil; elasticidade de substituição; importações; mudança estrutural; análise de insumo-produto; modelo neoestruturalista; matriz de contabilidade social; exportações; financiamento às exportações; PROEX; BNDES; regressividade; indicadores; ICMS; administração tributária; economias de aglomeração; indústria brasileira; salários industriais; economias de especialização; economias de urbanização; resenha bibliográfica; crise econômica; D. Harvey.

Keywords: foreign direct investment; market structures; industrial policy; Brazil; elasticity of substitution; imports; structural change; input-output analysis; neo-estruturalist model; social accounting matrix; exports; export financing; PROEX; BNDES; regressivity; indexes; ICMS; tax administration; agglomeration economies; Brazilian industry; industrial wages; specialization economies; urbanization economies; book review; economic crisis; D. Harvey,



Capa da revista

Rev. Econ. Contemp., v. 17, n. 2, mai./ago. 2013

Palavras-chave: história do pensamento econômico; Milton Friedman; política fiscal; ciclos de negócios; comércio internacional; Espírito Santo; pobreza; desigualdade; gastos sociais; estrutura ocupacional; ocupações; mercado de trabalho; desigualdade; indústria de transformação; teorema de Heckscher-Ohlin (H-O); hipótese do viés de habilidade; qualificação dos trabalhadores; bem estar social; flutuações macroeconômicas; política macroeconômica; desenvolvimento social; resenha bibliográfica; desenvolvimento econômico; Reinaldo Gonçalves.

Keywords: history of economic thought; Milton Friedman; fiscal policy; business cycles; international trade; Espírito Santo; poverty; inequality; social spending; occupational structure; occupations; labor market; inequality; manufacturing industry; Heckscher-Ohlin theorem; ability bias hypothesis; labor force qualification; welfare; macroeconomic policy; business cycles; social development; book review; economic development; Reinaldo Gonçalves.


1 a 25 de 67 itens     1 2 3 > >>