Iniciativa de Chiang Mai: integração financeira e monetária no pacífico asiático

André Moreira Cunha

Resumo


A crise financeira foi um duro golpe para várias economias do Pacífico Asiático. Depois de décadas de crescimento sustentado com estabilidade macroeconômica, a queda súbita originou uma onda de reformas estruturais. No contexto de crescente integração econômica regional e global, os países asiáticos iniciaram a construção de novos estabilizadores institucionais. Este trabalho analisa uma destas inovações, a Iniciativa de Chiang Mai, que foi desenhada para expandir o já existente arranjo do swap cambial da Asean. A participação de Japão, Coréia e China e a criação de novos instrumentos de swap sugerem a possível emergência de um Fundo Monetário Asiático de facto. Este era o plano original do governo japonês, e que foi abortado pelas pressões do Tesouro dos EUA e do FMI. 

Palavras-chave


integração financeira regional; estabilizadores institucionais; economias asiáticas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 André Moreira Cunha

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
e-mail: rec@ie.ufrj.br