A transição dos trabalhadores no mercado de trabalho formal: um estudo aplicado à indústria de transformação de Minas Gerais e Rio de Janeiro nos anos 90

Ricardo da Silva Freguglia, Marco Antônio S. de Almeida, Débora Marinho Santos

Resumo


Este estudo analisa a transição dos trabalhadores desligados da indústria de transformação para as situações de reemprego imediato, reemprego com defasagem de um ano e saída do mercado de trabalho formal com o objetivo de identificar e caracterizar a mobilidade de emprego nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Utilizando dados longitudinais provenientes da Raismigra durante os anos de 1989 a 1998, os principais resultados obtidos evidenciam uma baixa qualidade do trabalhador que possui maior probabilidade de readmissão, havendo, porém, uma melhora no nível de escolaridade ao longo dos anos. Paralelamente, a qualidade do emprego mostra sinais de deterioração, tendo em vista a maior probabilidade de readmissão dos trabalhadores com pouco tempo de emprego e baixa remuneração no vínculo empregatício de origem e a crescente migração para os setores de comércio e serviços. Determinados grupos de trabalhadores, contudo, destoam deste perfil médio conforme a unidade da Federação, os anos de análise na década, a faixa etária, o grau de instrução, a renda média, o tempo de emprego e a causa do desligamento. 

Palavras-chave


transição; mercado de trabalho; indústria de transformação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Ricardo da Silva Freguglia, Marco Antônio S. de Almeida, Débora Marinho Santos

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
e-mail: rec@ie.ufrj.br