ESTADO E CAPITAL EM UMA CHINA COM CLASSES

Isabela Nogueira

Resumo


Este artigo complexifica o debate sobre o papel do Estado no desenvolvimento econômico ao lançar luz sobre uma dimensão muitas vezes ignorada na narrativa sobre o nacional-desenvolvimentismo na China: a relação do Partido-Estado com os capitalistas domésticos emergentes. Para tanto, nós analisamos os principais mecanismos utilizados para concentração de capital e formação de uma classe capitalista doméstica na China, evidenciamos a estreita relação dessa classe com o Partido-Estado e sugerimos como essa dinâmica se vincula com as mudanças no regime de acumulação. O objetivo é mostrar como o processo de formação da nova classe capitalista é uma via de mão dupla – um processo fortemente guiado pelo Partido-Estado, mas também sob crescente pressão da nova classe capitalista – e finamente articulado com o regime de acumulação de capital.


Palavras-chave


China; partido-estado; classe capitalista; acumulação de capital

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Isabela Nogueira

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
Fax: 55 21 2541-8148
e-mail: rec@ie.ufrj.br