OS IMPACTOS DA POLÍTICA MONETÁRIA NA TAXA DE CÂMBIO NO BRASIL: IDENTIFICAÇÃO VIA HETEROCEDASTICIDADE

Sílvia Verônica Vilarinho Couto, Roberto Meurer

Resumo


O presente trabalho busca analisar os efeitos da política monetária brasileira sobre a taxa de câmbio, no período de 2004-2016, considerando o problema de endogeneidade da política monetária. Para tratar do problema da endogeneidade da política monetária é empregado o método de identificação via heterocedasticidade. A principal vantagem deste método é que ele se baseia no comportamento estatístico das séries, não sendo necessário realizar suposições arbitrárias de identificação. Os resultados mostram que há uma relação positiva entre a taxa de juros e a taxa de câmbio no Brasil.


Palavras-chave


política monetária; taxa de juros; taxa de câmbio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Sílvia Verônica Vilarinho Couto, Roberto Meurer

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
Fax: 55 21 2541-8148
e-mail: rec@ie.ufrj.br