A RELAÇÃO ENTRE PREÇO E DEMANDA POR JOGOS DE FUTEBOL NO BRASIL

Bruno Ítalo Lima Benevides, Sandra Maria dos Santos, Augusto Cézar de Aquino Cabral

Resumo


A indústria do futebol chega a movimentar em todo mundo, por ano, de acordo com Belo e Paolozzi (2013), um valor entre US$ 400 bilhões e US$ 1 trilhão. Como atividade econômica, tem atraído a atenção de diversos estudos acadêmicos (DOBSON e GODDARD, 2001; SOUZA, 2004 e MADALOZZO, 2008). Entre os resultados obtidos nesses estudos, tem-se divergências com relação à variável preço nas equações de demanda por futebol. Dessa forma, este estudo objetiva identificar a relação entre preço e demanda por futebol. Foram utilizados dados secundários a partir do IBGE, da CBF e da Pluri Consultoria. A pesquisa faz uma análise a partir de 380 jogos do campeonato brasileiro. Para estimação da demanda utilizou-se o método de MQO. O modelo teve como variável dependente o público pagante presente nos estádios. Os resultados evidenciaram que a função demanda é não homogênea.


Palavras-chave


futebol; demanda; cadeia produtiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Bruno Ítalo Lima Benevides, Sandra Maria dos Santos, Augusto Cézar de Aquino Cabral

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
Fax: 55 21 2541-8148
e-mail: rec@ie.ufrj.br