Interações universidade-empresa e a influência das características dos grupos de pesquisa acadêmicos

Renato Garcia, Veneziano Araújo, Suelene Mascarini, Emerson Gomes dos Santos, Ariana Ribeiro Costa

Resumo


As interações universidade-empresa vêm ganhando papel de destaque nas investigações na área dos estudos da inovação, uma vez que a universidade pode ser uma importante fonte de informações para a inovação. Com base nesse contexto, este artigo tem como objetivo avaliar como as características dos grupos acadêmicos de pesquisa influenciam suas interações com as empresas. A partir dos dados de um survey com os grupos de pesquisa no Brasil, foi estimado um modelo empírico que avalia como as características dos grupos de pesquisa impactam suas interações com empresas. Os principais resultados mostram que grupos de pesquisa com melhor desempenho acadêmico, de maior tamanho e que estão ligados departamentos universitários maiores, possuem maior número de interações. Ainda, grupos de pesquisa das áreas de Engenharia e Ciências Agrárias interagem mais com empresas. Assim, este trabalho tem como principal contribuição auxiliar a melhor compreensão dos fatores que moldam as interações universidade-empresa no Brasil e como as características dos grupos de pesquisa influenciam a interação.

Palavras-chave


interação universidade-empresa; inovação e tecnologia; aprendizado tecnológico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Renato Garcia, Veneziano Araújo, Suelene Mascarini, Emerson Gomes dos Santos, Ariana Ribeiro Costa

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
Fax: 55 21 2541-8148
e-mail: rec@ie.ufrj.br