Participação e Funcionamento dos Conselhos Gestores de Políticas Públicas

Adriel Rodrigues Oliveira, Simone Martins, Emanuelle Cristine de Melo, Letícia Luanda Maia, Tainá Rodrigues Gomide Souza Pinto

Abstract


A pesquisa verificou a percepção de atores entre a sociedade, profissionais da área e governo sobre o funcionamento dos Conselhos Gestores de Políticas Públicas. Aplicou-se questionários a 97 conselheiros dos Conselhos de Saúde e da Criança e do Adolescente em 6 municípios de Minas Gerais. Os resultados apontam para a pouca contribuição dos conselhos gestores devido à falta de capacitação técnica e política dos seus membros, a baixa participação social, a existência de assimetria informacional, ao desequilíbrio decisório, a fragilidade dos controles sobre as ações governamentais e inoperância para propiciar a transparência pública. Exceto em dois quesitos de participação social (comunicação com a comunidade e interesse em participar) os diversos atores (governo, profissionais da área e sociedade) tem percepções similares a respeito da atuação dos conselhos.

References


ABRUCIO, F. L. & LOUREIRO, M.R. Finanças Públicas, democracia e accountability. In: Arvate, P.R.; Biberman, C (org.). Economia do Setor Público no Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier / Campus, 2004.

ABRUCIO, F. L. & Pó, M. V. Desenho e funcionamento dos mecanismos de controle e accountability das agências reguladoras brasileiras: semelhanças e diferenças. RAP, 2006.

ALLEBRANDT, S. L. Conselhos Municipais: potencialidades e limites para a efetividade e eficácia de um espaço público para a construção da cidadania interativa. In: XXVII ENANPAD -- 27º Encontro Nacional da Associação dos Programas de Pós-Graduação em Administração: Atibaia-SP, 2003.

ARATO, A. Representação, Soberania Popular E Accountability. Lua Nova, 2002.

AVRITZER, L. Teoria democrática e deliberação pública. Lua Nova, São Paulo, n.50, 2000.

BANCO MUNDIAL. Relatório sobre desenvolvimento mundial e pobreza. Reunião do Comitê Executivo. México 2002.

BOHMAN, J. O que é deliberação pública? Uma abordagem dialógica. In. Marques, A.C.S. (organização e tradução). A deliberação pública e suas dimensões sociais, políticas e comunicativas. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009. P. 31-84.

BONFIM, R. A atuação dos movimentos sociais na implantação e consolidação de políticas públicas. In: Carvalho, M.C.A.A. & Teixeira, A.C.C. (orgs.). Conselhos Gestores de Políticas Públicas. São Paulo: Polis, 2000. p. 63-67.

CAMPOS, A. M. Accountability: quando poderemos traduzi-la para o português? Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, fev./abr. 1990.

CARNEIRO, C. B. L. & Costa, B. L. D. Inovação institucional e accountability : o caso dos conselhos setoriais. In: VI Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, Buenos Aires, Argentina, 5-9 nov. 2001.

CARVALHO, M. do C. A. Conselhos: O que são e para que servem. Instituto Polis, 1998.

CLAD (Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo). La responsabilización en la nueva gestión pública latinoamericana. Buenos Aires: Eudeba, 2000.

COELHO, V.S.P. e Nobre, M. Participação e Deliberação: Teoria Democrática e Experiências Institucionais no Brasil Contemporâneo. São Paulo: Ed. 34, 2004. 368p.

CUNHA, E. S. M. A Efetividade Deliberativa dos Conselhos Municipais de Saúde e de Criança e Adolescente no Nordeste. In. Avritzer, Leonardo (org). A Participação Social no Nordeste. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007, p.135-162.

CUNHA, E. S. M.; Pinheiro, M. M. B. Conselhos nacionais: condicionantes políticos e efetividade social. In Avritzer, L. (Org.) Experiências nacionais de participação social. São Paulo: Cortez, 2009, p. 142-156.

CUNILL GRAU, N. Responsabilização pelo Controle Social. In: BRESSER PEREIRA, L. C. e Cunill Grau, N. (Orgs.). Responsabilização na Administração Pública, São Paulo: CLAD/Fundap, 2006.

____________, N. Módulos críticos da accontability societal -- extraindo lições de sua institucionalização na América Latina. In: A responsabilização na nova gestão pública. CLAD-BID, 2000.

DINIZ, E. & Azevedo, S. Reforma do Estado e Democracia no Brasil: dilemas e perspectivas. UNB/ENAP, 1995.

FARAH, M. F. S. Parcerias, novos arranjos institucionais e políticas públicas no nível local de governo. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro, n. 35, 2001.

FARIA, C. F. O processo decisório do orçamento participativo no Rio Grande do Sul: da deliberação pública à representação política. In: Dagnino, E.; Tatagiba, L. (Org.). Democracia, sociedade civil e participação. Chapecó: Argos Universitária, 2007.

FUNG, A. Receitas para esferas públicas: oito desenhos institucionais e suas consequências. In: Coelho, V. S. P.; Nobre, M. (orgs.). Participação e deliberação: teoria democrática e experiências institucionais no Brasil contemporâneo. São Paulo: Ed. 34, 2004, p. 173-209.

FUKS, M.; Perissinotto, R. M.; Souza, N.R. (orgs.). Democracia e participação: os conselhos gestores do Paraná. Curitiba: UFPR, 2004.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 1996.

GOHN, M. da G. Conselhos gestores e participação sociopolítica - Coleção questões da nossa época; v.84. 3ºed. São Paulo, Cortez, 2007.

IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisas de Informações Básicas Municipais -- Perfil dos Municípios Brasileiros 2009. Rio de Janeiro, 2010.

Mainwaring, S. “Introdution: Democratic Accountability in America” PP. 3-33 in MAINWARING, S.; WELMA, C. Democratic Accountability in Latin America. Oxford University Press, New York, 2003.

MARTINS, M.F.; Martins, S.M; Oliveira, A.R. de & Soares, J.B. Conselhos Municipais de Políticas Públicas: uma análise exploratória. Revista do Serviço Público, v.59, nº 2, p.151-182, 2008.

MENDONÇA, R.F. Reconhecimento e Deliberação: as lutas das pessoas atingidas pela hanseníase em diferentes âmbitos interacionais. Tese (Doutorado) Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Belo Horizonte, 2009. 369p.

MERINO, M. La Participación de la Ciudadania en la Democracia. Cuadernos de Divulgación de la Cultura Democrática nº 4. Ciudad de México: Instituto Federal Electoral, 2010. Disponível em https://bvc.cgu.gov.br/bitstream/123456789/2768/1/participacion_ ciudadana_democracia.pdf. Acesso em julho de 2013.

MIGUEL, L.F. Impasses da Accountability: Dilemas e Alternativas para a Representação Política. Revista de Sociologia e Política, v. 25, p. 25-38, 2005.

NORONHA, R. de. Avaliação Comparativa dos Conselhos Municipais. In: Conselhos Gestores de Políticas Públicas, São Paulo, Polis, n. 37, 2000.

O´DONNELL, G. Notas sobre várias accountabilities. Mimeo. 2000.

OLIVEIRA, V. C. da S. Sociedade, Estado e Administração Pública: Análise da Configuração Institucional dos Conselhos Gestores do Município de Lavras -- MG. Lavras: Universidade Federal de Lavras, 2009.

PINHO, J. A. G. & SACRAMENTO, A. R. S. Accountability: já podemos traduzi-la para o português? Revista de Administração Pública, v.43 (6), 2009.

ROCHA, A.C. Auditoria de Gestão - Uma Forma Eficaz de Promoção da Accountability. EnANPAD -- XXXI Encontro Nacional da Associação dos Programas de Pós-Graduação em Administração, Rio de Janeiro, 2007.

____________, Accountability na administração pública: modelos

teóricos e abordagens. Contabilidade, Gestão e Governança, 14 (2), 82-97,

mai/ago 2011.

SANTOS, M. R. M. dos. Conselhos municipais: a participação cívica na gestão das políticas públicas. Dissertação. (Mestrado). Programa de Mestrado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Planejamento Urbano e Regional. Rio de Janeiro: UFRJ, 2000.

SOUZA, V. A. de. Conselhos Gestores de Políticas Públicas E Participação. EnANPAD - Encontro Nacional da Associação dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 2004.

TATAGIBA, L. Os conselhos gestores e a democratização das políticas públicas no Brasil. In: Dagnino, E. (org). Sociedade Civil e Espaços Públicos no Brasil. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

TONELLA, C. Ampliação da Participação Democrática: Conselhos Gestores de políticas públicas em Maringá. 2004 - Saúde e Sociedade v.13, n.2, p.20-31, maio-ago - Revista Paranaense De Desenvolvimento, Curitiba, n.106, p.137-156, jan./jun. 2004.

VERGARA, S. C. Métodos de Pesquisa em Administração. São Paulo: Ed. Atlas, 2005.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v13i2.13691

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2018 Adriel Rodrigues Oliveira, Simone Martins, Emanuelle Cristina Melo, Letícia Luanda Maia, Tainá Rodrigues Gomide Souza Pinto

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexes: 

Directory of Open Access Journals Scholar   EBSCO   

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.