Transparência Local: Implicações da Lei de Acesso à Informação em Municípios Mineiros

Suélem Viana Macedo, Josiel Lopes Valadares, Wander Fernandes Ribeiro Filho, Alessandro Carlos da Silva Júnior

Resumo


Para promover a transparência de seus atos, o governo brasileiro, ao longo dos anos, tem editado leis que visam assegurar o acesso às informações públicas. Nesse contexto, o estudo teve como objetivo investigar a disponibilização de informações em meios eletrônicos pelos poderes executivos dos municípios mineiros com mais de cinquenta mil habitantes, tendo em conta as diretrizes previstas na Lei de Acesso à Informação. O trabalho foi realizado de forma qualitativa e quantitativa, a partir de um protocolo de observação que contemplou itens previstos nos artigos 8º e 9º da referida norma, abarcando um total de setenta municípios. A partir da relação existente entre os itens analisados, cada um deles foi agrupado em um dos quatro parâmetros elaborados. Os resultados apresentam um panorama geral dos portais eletrônicos dos municípios analisados no que se refere à adequação à Lei de Acesso à Informação, permitindo concluir que, apesar de boa parte dos poderes executivos observados respeitarem os critérios mínimos de atendimento à referida norma, ainda possuem pontos a desenvolver e evoluir, principalmente, nos quesitos atualização das informações e acessibilidade aos deficientes. De igual modo, as evidências empíricas indicam que o potencial de enforcement da LAI nos municípios também é fraco.


Palavras-chave


Administração Pública; Portais Eletrônicos; Transparência Ativa; Enforcement.

Texto completo:

PDF_DRAFT

Referências


ABRUCIO, F. L.; LOUREIRO, M. R. Finanças públicas, democracia e accountability. In: ARVATE, P. R.; BIDERMAN, C. Economia do Setor Público no Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 2004.

ALBUQUERQUE, C., MEDEIROS, M., FEIJÓ, P. H. Gestão de finanças públicas. Brasília: Gestão Pública, 2006.

ALLEGRETTI, D. D. S.; PLATT NETO, O. A. Funcionalidades, limitações e potencialidades do Portal da Transparência do Estado do Rio Grande do Sul. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 9, n. 26, p. 79-95, 2010.

ANGÉLICO, F. Lei de acesso à informação pública e seus possíveis desdobramentos para accountability democrática no Brasil. Dissertação (mestrado) -- Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2012.

ANGÉLICO, F.; TEIXEIRA, M. A. C. Acesso à informação e ação comunicativa: novo trunfo para a gestão social. Desenvolvimento em Questão, v. 10, n. 21, p. 7-27, 2012.

BAIRRAL, M. A. C.; SILVA, A. H. C.; ALVES, F. J. D. S. Transparência no setor público: uma análise dos relatórios de gestão anuais de entidades públicas federais no ano de 2010. Revista de Administração Pública, 2015, 49(3), 643-675.

BASS, G. D.; MOULTON, S. Bringing the Web 2.0 revolution to government. In: LATHROP, D.; RUMA, L. Open government: collaboration, transparency, and participation in practice. Sebastopol: O'Reilly Media, 2010.

BASTIDA, F.; BENITO, B. Central government budget practices and transparency: An international comparison. Public Administration, v. 85, n. 3, p. 667--716, 2007.

BIRKINSHAW, P. Freedom of information and openness: fundamental human rights. Administrative Law Review, v. 58, n. 1, p. 177-218, 2006.

BRASIL. Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

BRASIL. Lei Complementar nº. 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05/05/2000. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2018.

BRASIL. Lei Complementar nº. 131, de 27 de maio de 2009. Acrescenta dispositivos à Lei Complementar no 101, de 4 de maio de 2000. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 28/05/2005. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2018.

BRASIL. Lei nº. 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 07.06.2010. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2018.

CRUZ, C. F et al. Transparência da gestão pública municipal: um estudo a partir dos portais eletrônicos dos maiores municípios brasileiros. Revista de Administração Pública, v. 46, n. 1. pp. 153-176, 2012.

DENHARDT, R. B. Teorias da administração pública. São Paulo: Cengage, 2012.

FIGUEIREDO, V. DA S.; SANTOS, W. J. L. Transparência e participação social da gestão pública: análise crítica das propostas apresentadas na 1ª Conferência Nacional sobre Transparência Pública. Revista de Contabilidade e Controladoria, UFPR, Curitiba, PR, 2014, v. 6, n. 1, p. 73-88.

FRANCO, L. M. G. et al. Nível de divulgação eletrônica da contabilidade pública dos municípios do Paraná no ambiente da Internet. Revista de Ciências da Administração, v. 16, n. 38, p. 140-153, 2014.

FUNG, A.; WEIL, D. Open government and open society. In: LATHROP, D.; RUMA, L. Open government: collaboration, transparency, and participation in practice. Sebastopol: O'Reilly Media, 2010.

GRIMMELIKHUIJSEN, S. G.; WELCH, E. W. Developing and testing a theoretical framework for computerâ€mediated transparency of local governments. Public Administration Review, v. 72, n. 4, p. 562-571, 2012.

JAHNS, F. T.; RAUPP, F. M. Transparência do Poder Executivo dos Estados Brasileiros. Revista Universo Contábil, v. 12, n. 3, p. 65-72, 2016.

KIM, S.; LEE, J. E-Participation, transparency, and trust in local government. Public Administration Review, v. 72, issue 6, p. 819-828, 2012.

KOPPELL, J. G. S. Pathologies of accountability: ICANN and the Challenge of “Multiple Accountabilities Disorder”. Public Administration Review. Yale, v.65, n.1, p. 94-108, 2005.

LICHT, J. F. Policy area as a potential moderator of transparency effects: an experiment. Public Administration Review, v. 74, p. 361-371, 2014.

MACADAR, M. A.; FREITAS, J. L.; MOREIRA, C. R. Transparência como elemento fundamental em governo eletrônico: uma abordagem institucional. Revista Gestão & Tecnologia, v. 15, n. 3, 2015.

MICHENER, G. Conceptualizing the quality of transparency. In: 1st GLOBAL CONFERENCE ON TRANSPARENCY. Annals. Newark, 2011.

MICHENER, G. Transparência Local no Brasil: Avaliando a aplicação da Lei de Acesso nos estados e nas grandes cidades. 2016. Rio de Janeiro: FGV e Open Society Foundations.

MICHENER, G.; BERSCH, K. Identifying transparency. Information Polity, v. 18, p. 233-242, 2013.

MICHENER, G.; MONCAU, L. F. M.; VELASCO, R. Estado brasileiro e transparência: avaliando a aplicação da Lei de Acesso à Informação. 2014. Rio de Janeiro: FGV e Open Society Foundations.

OLIVEIRA JÚNIOR, T. M.; JORDÃO, C. S.; CASTRO JUNIOR, J. L. P. Planejamento governamental e acesso à informação no Brasil: lacunas, complementariedade e mudança institucional. Revista Administração em Diálogo, 2016, v. 18, n. 1, p. 112-132.

PINHO, J. A. G. Investigando portais de governo eletrônico de estados no Brasil: muita tecnologia, pouca democracia. Revista de Administração Pública, 42(3), 471-493, 2008.

RAUPP, F. M. Prestação de contas de executivos municipais de Santa Catarina: uma investigação nos portais eletrônicos. Administração Pública e Gestão Social, v. 6, n. 3, p. 151-158, 2014.

RAUPP, F. M.; ABREU, E.; ABREU, M. B. Disponibilização de informações à sociedade em meios eletrônicos: um estudo nas prefeituras dos maiores municípios brasileiros. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 14, n. 42, p. 41-54, 2015.

RAUPP, F. M.; PINHO, J. A. G. Prestação de contas no legislativo local antes e depois da Lei de Acesso à Informação. Contexto, 2015, v. 15, n. 29, p. 30-46.

SANTOS, P. M.; BERNARDES, M. B.; ROVER, A. J. Teoria e prática de governo aberto: Lei de Acesso à Informação nos executivos municipais da região sul. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2012.

SCHEDLER, A.; DIAMOND, J. L.; PLATTNER, F. M. The self-restraining state: power and accountability in new democracies. London: Lynne Rienner, 1999.

SILVEIRA, H. F. R. Internet, governo e cidadania. Ciência da Informação, Brasília, v. 30, n. 2, p. 80-90, maio/ago. 2001.

STAROSCKY, E. A.; NUNES, G. S. D. F.; LEÃO LYRIO, M. V.; ELUNKES, R. J. A Transparência dos Portais Municipais sob a Perspectiva da Legislação Brasileira: o caso de prefeituras em Santa Catarina. REUNA, 2014, 19(1), 29-52.

STYLES, A. K; TENNYSON, M. The accessibility of financial reporting of U.S. municipalities on the Internet. Journal of Public Budgeting, Accounting & Financial Management, Florida, v. 19, n. 1, p. 56-92, spring 2007.

TRANSPARENCY INTERNATIONAL. Corruption Perceptions Index 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2018.

ZUCCOLOTTO, R.; TEIXEIRA, M. A. C. As causas da transparência fiscal: evidências nos estados brasileiros. Revista Contabilidade & Finanças -- USP, v. 25, n. 66, p. 242-254, 2014.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.18379

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Suélem Viana Macedo, Josiel Lopes Valadares, Wander Fernandes Ribeiro Filho, Alessandro Carlos da Silva Júnior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.