Estudo de Caso sobre a Não Implementação do Trem de Alta Velocidade RJ-SP

Deborah Moraes Zouain, Mário Cesar Rosa Azeredo, André Luís Faria Duarte, Luiz Alexandre Valadão Souza

Resumo


O presente artigo aborda a administração pública federal no contexto de um dos maiores projetos de infraestrutura já previstos no país, intitulado de Trem de Alta Velocidade RJ - Campinas (TAV Brasil). O trabalho não está direcionado a questões técnicas, relatando apenas detalhes que possam contribuir para um melhor entendimento acerca do avanço de tecnologia que o envolve. O foco encontra-se nas ações promovidas pelos atores envolvidos no empreendimento, bem como no contexto geral que inviabilizou o sucesso da sua concessão pública durante os dois mandatos do Presidente Lula e o primeiro mandato da Presidenta Dilma. O tema contemporâneo exigiu, na concepção deste estudo de caso, extensa pesquisa documental, realizada por meio de matérias disponíveis na internet, reportagens dos principais veículos da imprensa, artigos e textos publicados por especialistas no assunto. Entrevistas com pessoas que participaram, em algum momento, do ciclo dessa política pública enriqueceram os dados, visando à descrição de ações e da estrutura concebida para o projeto pelo Governo Federal. Os resultados giram em torno da grande complexidade do projeto e do fracasso dos leilões do TAV, durante o período de 2010 a 2014, agrupando as causas em dois grupos distintos: as originadas intragoverno e as originadas extragoverno.


Palavras-chave


Administração pública; Política pública; Transporte; Transporte ferroviário; Infraestrutura de transporte

Texto completo:

PDF

Referências


AGU. AGU evita pagamento indevido de 270 milhões de euros pela Valec e pela União à uma empresa italiana pelo projeto do trem bala. Advocacia-Geral da União. 2013. Disponível em http://www.agu.gov.br/noticia/agu-evita-pagamento-indevido-de-270-milhoes-de-euros-pela-valec-e-pela-uniao-a-uma-empresa-italiana-pelo-projeto-do-trem-bala--1. Acesso em 16 de julho de 2018.

ARAÚJO, W. F. G. As estatais e as PPPs: o Project Finance como estratégia de garantia de investimentos em infraestrutura. Revista do Serviço Público, Brasília, vol. 57, n. 2, p. 169-190, abr./jun. 2006. http://repositorio.enap.gov.br/handle/1/1540

BORGES, L. F. X.; FARIA, V. C. S. Project Finance: considerações sobre a aplicação em infra-estrutura no Brasil. Revista do BNDES, Rio de Janeiro, vol. 9, n. 18, p. 241-280, dez. 2002. https://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/revista/rev1808.pdf

CANO, W. Crise e industrialização no Brasil entre 1929 e 1954: a reconstrução do Estado Nacional e a política nacional de desenvolvimento. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 444-460, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/0101-31572015v35n03a04

CARVALHO, M. L.; BARBOSA, R. C. G.; SOARES, J. B. Implementação de política pública: uma abordagem teórica e crítica. In: COLOQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTIÓN UNIVERSITARIA EN AMÉRICA DEL SUR, Anais... Mar del Plata - Argentina, 2010. p. 1-13. http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/97020

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários. 2. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2003.

DA MOTTA, D. M.; AJARA, C. Configuração da rede urbana do Brasil. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, n. 100, p. 5-23, 2001. http://www.ipardes.pr.gov.br/ojs/index.php/revistaparanaense/article/view/222/183

FABRINI, F. Justiça italiana cobra R$ 585 mi do Brasil por projeto do trem-bala. O Estado de São Paulo. 2012. Disponível em http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,justica-italiana-cobra-r-585-mi-do-brasil-por-projeto-do-trem-bala,847501. Acesso em 16 de julho de 2018.

GODOY, A. S. Estudo de Caso Qualitativo. In: SILVA, A. B.; GODOI, C. K.; MELLO, R. B. de (orgs.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

GRAHAM, A. Como escrever e usar estudos de caso para ensino e aprendizagem no setor público. Brasília: ENAP, 2010.

JUSTEN FILHO, M. Teoria geral das concessões de serviço público. São Paulo: Dialética, 2003.

LOBO, C.; MATOS, R. Migrações e a dispersão espacial da população nas Regiões de Influência das principais metrópoles brasileiras. Revista Brasileira de Estudos de População, São Paulo: ABEP, v. 28, n. 1, p. 81-101, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-30982011000100005

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTINS, H. F. Uma teoria da fragmentação de políticas públicas: Desenvolvimento e aplicação na análise de três casos de políticas de gestão pública. 2003. 254 f. Tese (Doutorado em Administração) -- Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas, 2003. https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/3264

MENDES, K. ANTT recebe terceiro pedido de adiamento do leilão do trem-bala. O Estado de São Paulo. 2011. Disponível em http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,antt-recebe-terceiro-pedido-de-adiamento-do-leilao-do-trem-bala,75074e. Acesso em 16 de julho de 2018.

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES, PORTOS E AVIAÇÃO CIVIL. Adiamento do leilão do TAV não compromete continuidade do projeto. Últimas Notícias. 2013. Disponível em http://www.transportes.gov.br/ultimas-noticias/2121-adiamento-do-leilo-do-tav-nocompromete-continuidade-do-projeto.html. Acesso em 16 de julho de 2018.

NUNES, B. F.; MOURA, H. V. Imaginário urbano e conjuntura no Rio de Janeiro. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, Curitiba, v. 5, n. 1, p. 91-105, 2013. http://dx.doi.org/10.7213/urbe.7787

OLIVEIRA, A. G.; PISA, B. J. IGovP: índice de avaliação da governança pública - instrumento de planejamento do Estado e de controle social pelo cidadão. Revista de Administração Pública, v. 49, n. 5, p. 1263-1290, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/0034-7612136179

PECI, A.; PIERANTI, O. P.; RODRIGUES, S. Governança e new public management: convergências e contradições no contexto brasileiro. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 15, n. 46, p. 39-55, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302008000300002

PROCOPIUCK, M.; FREY, K. Articulações organizacionais em redes de políticas públicas no ciberespaço: o caso da política de difusão social de TICS em Porto Alegre e Curitiba. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 16, n. 51, p. 687-706, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302009000400005

REIS, L. S. Políticas públicas sob a ótica do novo gestor: o public policy-cycle de Howlett e Ramesh como estratégia para ação do Estado, Revista de Políticas Públicas e Gestão Governamental, Brasília, vol. 10, n. 1, jan./jun. 2011. https://drive.google.com/file/d/0BxnWe4FQdTbSSHZuVUdRWW1nbW8/edit

RIBEIRO, G. M. de A.; ASENSI, F. D. Burocracia, desafios administrativos e cidades no Brasil. Revista de Direito da Cidade, v. 7, n. 4, p. 1628-1644, 2015. http://dx.doi.org/10.12957/rdc.2015.20909

SARAIVA, E.; FERRAREZI, E. (orgs.). Políticas públicas: coletânea. Brasília: ENAP, 2006.

SECCHI, L. Modelos organizacionais e reformas da administração pública. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 43, n. 2, p. 347-369, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-76122009000200004

SEDIYAMA, G. A. S. et al. Políticas Públicas Ambientais e a Transparência da Gestão Pública Municipal: O caso do Município de Viçosa-Minas Gerais. Espacios Públicos, v. 19, n. 46, 7-26, 2016. http://politicas.uaemex.mx/espaciospublicos/images/stories/fruit/PDF/Rev_46/01_Polticas_Pblicas_Ambientais_e_a_Transparncia_da_Gesto_Pblica_Municipal.pdf

SILVA, F. G. F. et al. Investimentos em transportes terrestres causam crescimento econômico? Um estudo quantitativo. JTL-RELIT. Journal of Transport Literature, Manaus, vol. 7, n. 2, p. 124-145, 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S2238-10312013000200007

SOUZA, C. Políticas públicas: uma revisão de literatura. Revista Sociologia, Porto Alegre, ano 8, n. 16, p. 20-45, jul./dez. 2006. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-45222006000200003

SOUZA, L. A. F. Políticas de Segurança no Brasil: Desafios Diante das Novas Agendas. REPOL - Revistas de Estudos de Política, Campina Grande, vol. 1, n. 2, p. 9-29, 2012. http://hdl.handle.net/11449/114846

VAZ, J. C.; LOTTA, G. S. A contribuição da logística integrada às decisões de gestão das políticas públicas no Brasil. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 45, n. 1, p. 107-139, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-76122011000100006

VERGARA, S. C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração (14. ed.). São Paulo: Atlas, 2013.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.19514

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Deborah Moraes Zouain, Mário Cesar Rosa Azeredo, André Luís Faria Duarte, Luiz Alexandre Valadão Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.