Formação Docente na Área Contábil: Contribuições da Disciplina de Metodologia do Ensino oferecida na Pós-Graduação Stricto Sensu

Cris Ferreira da Silva, Layne Vitória Ferreira, Edvalda Araújo Leal, Gilberto José Miranda

Resumo


O objetivo do presente estudo foi investigar a contribuição da disciplina de Metodologia do Ensino, oferecida por um Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Ciências Contábeis, localizado em Minas Gerais. A pesquisa foi realizada com os alunos de uma instituição pública brasileira, a amostra é composta de 27 pós-graduandos que participaram da  entrevista narrativa. Os resultados apontaram que a disciplina de Metodologia do Ensino contribui para a formação docente dos alunos que estão iniciando a carreira, propicia conhecer conteúdos relevantes referentes à didática e possibilitou aos pós-graduandos conhecerem e aplicarem diferentes metodologias de ensino. Para aqueles que já atuam na docência, a disciplina promove uma reflexão sobre métodos de ensino e o aperfeiçoamento das técnicas utilizadas no ambiente educacional. Percebe-se que a formação docente exige o aprimoramento contínuo das estratégias de ensino e discussões sobre os temas que envolvem conteúdos como: planejamento pedagógico, currículo e processo de avaliação, dentre outros. Os resultados sugerem a necessidade de sistematização da formação docente, notadamente por meio da obrigatoriedade de disciplinas de caráter didático-pedagógico.


Palavras-chave


Ciências Contábeis. Formação Docente. Pós-Graduação. Metodologia de ensino aplicada na contabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. I.; PIMENTA, S. G. Pedagogia universitária ??? valorizando o ensino e a docência na universidade. Revista Portuguesa de Educação, 27(2), p. 7-31, 2014. Disponível em: < http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-91872014000200002>. Acesso em: 15 de jul. 2017.

ANASTASIOU, L. G. C. Ensinar, aprender, aprender e processos de ensinagem. In ANASTASIOU, L. G. C.; ALVEZ, L. P. (Orgs.). Processo de ensinagem na universidade: pressupostos para a estratégia de trabalho em aula. 5. ed. Joinville: Univille, 2009.

___________ ; ALVES, L. P. Estratégias de ensinagem. In: ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos; ALVES, Leonir Pessate. (Orgs.). Processos de ensinagem na universidade: Pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 5. ed. Joinville: Univille, 2009.

______. Metodologia do ensino na universidade brasileira: elementos de uma trajetória. In: CASTANHO, S.; CASTANHO, M. E. (Orgs.). Temas e Textos em metodologia do ensino superior. 2. ed. Campinas: Papirus, 2001.

ANDERE, M. A.; ARA??JO, A. M. P. Aspectos da formação do professor de ensino superior de Ciências Contábeis: uma análise dos programas de pós-graduação. Revista Contabilidade & Finanças, 19(48), p. 91-10, 2008. Disponível em: < http://www.revistas.usp.br/rcf/article/view/34273 > . Acesso em: 12 de jul. 2017.

ARA??JO, T. S.; LIMA, F. D. C.; OLIVEIRA, A. C. L.; MIRANDA, G. J. Problemas percebidos no exercício da docência em Contabilidade. Revista de Contabilidade Financeira, 26(67), p. 93-105, 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rcf/v26n67/pt_1519-7077-rcf-26-67-00093.pdf >. Acesso em: 10 de jun. 2017.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. (L., Antero Neto; A. Pinheiro, trad.). 70. ed. São Paulo: Lisboa, 2011.

BEHR, T.; TEMMEN, K. Teaching experience ??? improving teacher education with experiential learning. International Journal on New Trends in Education and Their Implications, v. 3, n. 3, p. 60-73, 2012.

BERBEL, N. A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Ciências Sociais e Humanas, 32(1), p. 25-40, 2011. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/10326/0 Acesso em: 05 de jun. 2017.

DIAS, A. M. I. Leitura e (Auto) Formação: Caminhos percorridos por docentes na educação superior. In: VEIGA, I. P. A.; VIANA, C. M. Q. Q. (Orgs.). Docentes para a educação superior: Processos formativos. Campinas: Papirus, 2010.

FARIAS, R. S.; ARAUJO, A. M. P. Percepção dos professores de contabilidade quanto aos espaços formativos para o ofício da docência no Brasil. Revista de Contabilidade e Organizações, 10, p. 58, 2016. Disponível em: < http://www.revistas.usp.br/rco/article/view/124789 >. Acesso em: 23 de jun. 2017.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar Projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

______. Didática do ensino superior. São Paulo: Atlas, 2008.

LAFFIN, M.; GOMES, S. M. S. Formação pedagógica do professor de contabilidade: o tema em debate. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, Arizona, 24(77), p.1-31, 2016. Disponível em: < https://www.redalyc.org/html/2750/275043450077/ >. Acesso em: 30 de mai. 2017.

Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. (1996, 23 de dezembro). Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, seção 1.

LOUREN??O, C. D. da S.; LIMA, M. C.; NARCISO, E. R. P. Formação pedagógica no ensino superior: o que diz a legislação e a literatura em Educação e Administração? Avaliação, v. 21, n. 3, p. 691-717, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2018.

MARION, J. C.; GARCIA, E.; CORDEIRO, M. (1999). Discussão sobre metodologias de ensino aplicáveis à contabilidade. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, 10(1), p.28-33, 1999. Disponível em: < https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/132/0 >. Acesso em: 16 de jul. 2017.

MASETTO, M. T. Competência pedagógica do professor universitário. 3. ed. São Paulo: Summus, 2015.

MAZZIONI, S. As estratégias utilizadas no processo de ensino-aprendizagem: concepções de alunos e professores de Ciências Contábeis. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, 2(1), p. 93-109, 2013. Disponível em: < https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/AT/article/view/1426/2338 >. Acesso em: 15 de jun. 2017.

MIRANDA, G. J. Docência Universitária: análise das disciplinas na área da formação pedagógica oferecidas pelos programas de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, Brasília, 4(2), p.81-98, 2010. Disponível em: < http://www.repec.org.br/repec/article/view/202 >. Acesso em: 22 de ago. 2017.

MIRANDA, G. J.; CASANOVA, S. P. C.; CORNACCHIONE J??NIOR, E. B. (2012). Os saberes dos professores-referência no ensino de contabilidade. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, 23(59), p.142-153, 2012. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rcf/v23n59/v23n59a06.pdf>. Acesso em: 24 de jun. 2017.

MOURA, M. F.; PEREIRA, N. A.; SOUZA, S. T. Debate: uma técnica de ensino voltada à pluralidade de pontos de vista. In: LEAL, E. A.; MIRANDA, G. J.; CASA NOVA, S. P. de C. (Orgs). Revolucionando a sala de aula: como envolver o estudante aplicando as técnicas de metodologias ativas de aprendizagem. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MUYLAERT, C. J.; SARUBBI JR., V.; GALLO, P. R.; ROLIM NETO, M. L.; REIS, A. O. A. Entrevistas narrativas: um importante recurso em pesquisa qualitativa. Revista da Escola de Enfermagem da Usp, São Paulo, 48(2), p. 184-189, 2014. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v48nspe2/pt_0080-6234-reeusp-48-nspe2-00184.pdf >. Acesso em: 05 de ago. 2017.

NERICI, I. G. Metodologia de ensino: uma introdução. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1981.

NEVES JUNIOR, I. J.; ROCHA, H. M. Metodologias de ensino em contabilidade: uma análise sob a ótica dos estilos de aprendizagem. Anais do Encontro da ANPAD, Brasil, 30, 2010.

NGANGA, C. S. N.; BOTINHA, R. A.; MIRANDA, G. J.; LEAL, E. A. Mestres e doutores em contabilidade no Brasil: uma análise dos componentes pedagógicos de sua formação inicial. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio em Educación, Espanha, 14(1), p.83-99, 2016. Disponível em: < https://revistas.uam.es/index.php/reice/article/view/2709 >. Acesso em: 02 de jun. 2017.

NOSSA, V. Formação do corpo docente dos cursos de graduação em Contabilidade no Brasil: uma análise crítica. Caderno de Estudos, São Paulo, 21, 1999. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/cest/n21/n21a05 >. Acesso em: 28 de mai. 2017.

OLIVEIRA, A. J.; RAFFAELLE, S. C. D.; COLAUTO, R. D.; CASA NOVA, S. P.C. Estilos de aprendizagem e estratégias ludopedagógicas: percepções no ensino da contabilidade. Advances in Scientific and Applied Accounting, São Paulo, 6(2), p. 236-262, 2013. Disponível em: < http://asaa.anpcont.org.br/index.php/asaa/article/download/117/89>. Acesso em: 15 de jul. 2017.

PATRUS, R.; LIMA, M. C. A formação de professores e de pesquisadores em administração: contradições e alternativas. Revista Economia & Gestão, 14(34), 2014. Disponível em: < http://periodicos.pucminas.br/index.php/economiaegestao/article/view/6982>. Acesso em: 24 de jun. 2017.

PINTO, P. S. B.; PAULA, M. M.; GOMES, J. S. Metodologia do ensino: uma análise da percepção dos alunos frente a diferentes formas de ensino. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, 6, p.38-54, 2011. Disponível em: < http://www.spell.org.br/documentos/ver/33871/metodologia-do-ensino--uma-analise-da-percepcao-dos-alunos-frente-a-diferentes-formas-de-ensino >. Acesso em: 14 de jul. 2018.

SLOMSKI, V. G.; MARTINS, G. A. (2008). O conceito de professor investigador: os saberes e as competências necessárias à docência reflexiva na área contábil. Revista Universo Contábil, 4(4), p. 06-21, 2008. Disponível em: < http://proxy.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/1057 >. Acesso em: 10 de ago. 2017.

SLOMSKI, V. G.; GUIMARAES, I. P. ; GOMES, S. M. D. ; ARAUJO, A. M. P. ; SILVA, A. C. R. Saberes que fundamentam a prática pedagógica do professor de Ciências Contábeis de instituições de ensino superior brasileiras. Revista Brasileira de Contabilidade, 178, p. 119-139, 2009. Disponível em: < http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/869 >. Acesso em: 12 de jul. 2017.

SOARES, S. R. A. Profissão professor universitário: reflexões acerca da sua formação. In: CUNHA, M. I.; SOARES, S. R.; RIBEIRO, M. L. (Orgs). Docência universitária: profissionalização e práticas educativas (p. 77-98). Feira de Santana: UEFS Editora, 2009.

TEIXEIRA, M. C. Metodologia do ensino superior. Paraná: Unicentro, 2015.

VASCONCELOS, A. F.; CAVALCANTE, P. R. N.; MONTE, P.A. Fatores que influenciam as competências em docentes de ciências contábeis. Veredas Revista Eletrônica de Ciências, 5(1), p.86-101, 2012. Disponível em: < http://veredas.favip.edu.br/ojs/index.php/veredas1/article/view/8 >. Acesso em: 13 de jul. 2017.

VILLANI, A.; PACCA, J. L. A. Construtivismo, conhecimento científico e habilidade didática no ensino de ciências. Revista na Faculdade de Educação, 23(1-2), 1997. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-25551997000100011>. Acesso em: 23 de jul. 2017.

WYGAL, D. E.; STOUT, D. E. Shining a light on effective teaching best practices: Survey findings from award-winning accounting educators. Issues in Accounting Education, 30(3), 173-205, 2015.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.23062

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cris Ferreira da Silva, Layne Vitória Ferreira, Edvalda Araújo Leal, Gilberto José Miranda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.