Implementação das Práticas de Governança e Compliance da Lei de Responsabilidade das Estatais no Estado do Rio de Janeiro

Luiz Ricardo Calixto, Yara Consuelo Cintra, Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca

Resumo


O objetivo deste estudo é investigar o processo de implementação da Lei n. 13.303, que estabelece mecanismos de governança corporativa nas empresas estatais, públicas e sociedades de economia mista, no âmbito do estado do Rio de Janeiro. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa de campo por meio da aplicação de questionários a quinze empresas estatais ativas cujo controle acionário pertence ao governo do estado do Rio de Janeiro. Subsequentemente, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 47 participantes do processo de implementação nessas estatais. O estudo sugere que, apesar de empenhadas na implementação da chamada Lei de Responsabilidade das Estatais, as empresas públicas controladas pelo estado do Rio de Janeiro encontravam sérias dificuldades na sua implementação, especialmente pela escassez de recursos financeiros e de pessoal, o que se dá não somente pela situação econômica geral, mas também pela crise financeira gerada pela corrupção sem medida de agentes públicos ocorrida no estado. O andamento da implementação foi agravado pela publicação tardia e o teor do decreto estadual de regulamentação, podendo gerar atraso e o não cumprimento integral das determinações da lei. O artigo inova ao estudar o processo de implementação durante sua ocorrência e antes da data-limite para entrada em vigor dos dispositivos da Lei 13.306/2016.


Palavras-chave


Governança Corporativa. Compliance. Implementação de práticas públicas. Lei de Responsabilidade das Estatais. Lei 13.303/16.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, S. R. V.; DOS SANTOS ALVES, F. J. Análise do comportamento ético dos profissionais de Contabilidade no ambiente de convergência às Normas Internacionais de Contabilidade. Revista Uniabeu, v. 7, n. 15, p. 320-335, 2014.

ANTUNES, G. A. Estatuto jurídico das empresas estatais. Belo Horizonte: Fórum, 2017.

BERGAMINI JUNIOR, S. Controles internos como um instrumento de governança corporativa. Revista do BNDES, v. 12, n. 24, p. 149-188, 2005.

BICALHO, A. P. N. Lei de responsabilidade das estatais: fomento e perspectivas às estatais prestadoras de serviço público de saneamento básico. Coluna Jurídica da Administração Pública, Distrito Federal. Disponível em: https://www.jmleventos.com.br/arquivos/news/newsletter_adm_publica/arquivos/ANEXO_1_48_01.pdf. Acesso em: 12 ago. 2018.

BOGONI, N. M.; ZONATTO, V. C. S.; ISHIKURA, E. R.; FERNANDES, F. C. Proposta de um modelo de relatório de administração para o setor público baseado no Parecer de Orientação no 15/87 da Comissão de Valores Mobiliários: um instrumento de governança corporativa para a administração pública. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 1, p. 119-142, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-76122010000100006.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. (1988). Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Emenda Constitucional n. 19, de 4 de junho de 1998. (1998). Modifica o regime e dispõe sobre princípio e normas da Administração Pública, Servidores e Agentes políticos, controle de despesas e finanças públicas e custeio de atividades a cargo do Distrito Federal, e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Decreto Federal n. 5.687, de 31 janeiro de 2006. (2006). Promulga a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, adotada pela Assembleia-Geral das Nações Unidas em 31 de outubro de 2003 e assinada pelo Brasil em 9 de dezembro de 2003. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Decreto Federal n. 8.945, de 27 dezembro de 2016. (2016). Regulamenta, no âmbito da União, a Lei nº 13.303, de 30 de junho de 2016, que dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias, no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Lei n. 6.404, de 15 de dezembro de 1976. (1976). Dispõe sobre as Sociedades por Ações. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Lei n. 9.613, de 3 de março de 1998. (1998). Dispõe sobre os crimes de “lavagem” ou ocultação de bens, direitos e valores; a prevenção da utilização do sistema financeiro para os ilícitos previstos nesta Lei; cria o Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF, e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

BRASIL. Lei n. 13.303, de 30 de junho de 2016. (2016). Dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias, no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Diário Oficial da União. Brasília, DF.

COELHO, C. C. B. P. O Compliance na Administração Pública e a Lei 13.303/16. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, v. 3, n. 01, p. 75-95, 2016. DOI: https://doi.org/10.29293/rdfg.v3i01.103.

DIOGENES, W. A. A importância da aplicação de um programa de compliance em adequação à lei 12.846/2013. Interfaces Científicas - Direito, v. 6, n. 2, p. 87-96, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-381X.2018v6n2p87-96.

FERNANDES, M. Q. M. J. Lei nº 13.303/2016: Novas Regras de

Licitações e Contratos para as Estatais, Revista Síntese - Licitações, Contratos e Convênios, ano VI, nº 34, p. 9-13, 2016.

FERRAZ, H. R. R. P. Transparência das sociedades de economia mista listadas em bolsa: uma perspectiva a partir dos websites. 2017. 80 f. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e de Empresas), Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2017.

FORTINI, C.; VIEIRA, A. S. M. Governança Corporativa e Medidas Preventivas contra a corrupção na Administração Pública: um enfoque à luz da Lei nº 13.303/2016. Revista de Direito da Administração Pública, v. 1, n. 2, p. 176-184, 2016.

GOMES, C. P. B. A nomeação de dirigentes de estatais a partir da lei 13.303/16. Revista Juris UniToledo, v. 2, n. 2, p. 27-38, 2017.

KEMPFER, M.; BATISTI, B. M. Estudos sobre o compliance para a prevenção da corrupção nos negócios públicos: ética, ciência da administração e direito. Revista do Direito Público, Londrina, v. 12, n. 2, p. 273-307, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1980-511X.2017v12n2p273.

MACHADO, M. R. R.; GARTNER, I. R. Fraudes Corporativas em Instituições Bancárias Brasileiras à Luz do Conflito de Agência. In: XXXVIII Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro, 2014.

MELLO, G. R. D. Governança corporativa no setor público federal brasileiro. 2006. 119 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

NASCIMENTO, A. A. R. Governança corporativa das distribuidoras de energia elétrica: aportes ao processo de regulação. In: FRAZÃO, A. (Org.). Constituição, Empresa e Mercado. Brasília: Faculdade de Direito - UnB, 2017, p.155-199, 2017. Disponível em: https://sites.google.com/ndsr.unb.br/gecem/publications. Acesso em: 21 jun. 2019.

OLIVEIRA, M. C.; RIBEIRO, M. de S.; SAMPAIO, M. S. A.; CARVALHO, F. A. Os efeitos da adoção dos conceitos e das práticas de governança corporativa na transparência das informações evidenciadas por empresas brasileiras do setor de papel e celulose. In: Congresso USP de Controladoria e Contabilidade. V. 4, p. 1-16, 2004.

PINTO JUNIOR, M. E. Corrupção, governança, ética e compliance. Revista de Direito da Empresa e dos Negócios, v. 1, n. 1, 41-56, 2017.

RIO DE JANEIRO. Decreto Estadual n. 46.188, de 06 dezembro de 2017. (2017). Regulamenta, no âmbito do estado do Rio de Janeiro, a lei nº 13.303, de 30 de junho de 2016, que dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

RODRIGUES, M. L. B.; OLIVEIRA, P. D. J.; ARAÚJO, A. B. C. Compliance no setor estatal. Percurso, v. 2, n. 19, p. 259-279, 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.21902/RevPercurso.2316-7521.v2i19.2318.

SILVEIRA, A. D. M. da. Governança corporativa e estrutura de propriedade: determinantes e relação com o desempenho das empresas no Brasil. 2006. 250 f. Tese (Doutorado em Administração), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

TIMMERS, H. Government Governance: Corporate governance in the public sector, why and how? In: 9th Fee Public Sector Conference. The Hague: The Netherlands Ministry of Finance. Disponível em: http://www.ecgi.org/codes/documents/public_sector.pdf. Acesso em: 06 ago. 2018.

VIANA, E. A governança corporativa no setor público municipal - um estudo sobre a eficácia da implementação dos princípios de governança nos resultados fiscais. 2010. 120f. Dissertação (Mestrado em Ciências), Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v15i4.40856

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Luiz Ricardo Calixto, Yara Consuelo Cintra, Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals Scholar  EBSCO   

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.