O Projeto Nacional Desenvolvimentista, A Dinâmica da Agricultura e As Configurações Espaciais - 1964 a 1979

Margarida de Cássia Campos

Resumo


A partir das argumentações teóricas, o trabalho evidenciou que o projeto nacional desenvolvimentista idealizado por Vargas logrou à economia nacional amplas taxas de crescimento industrial e dinamismo agrícola, permitindo lançar as bases de um país moderno para posterior implantação de uma nova etapa de desenvolvimento pelos militares. Essa nova etapa contou com altas taxas de crescimento industrial, em especial no período denominado Milagre Econômico (1968-1974). Além disso, o processo de modernização da agricultura deslanchou, criando um setor agrícola moderno e dinâmico para atender em particular ao aumento das exportações. A diversificação e o crescimento da pauta eram imprescindíveis para financiar as importações e, consequentemente, garantir o crescimento da produção interna, tanto da indústria como dos produtos agrícolas necessários ao suprimento das demandas de matéria-prima  ela indústria nacional, bem como das novas demandas da crescente população. Na  verdade, o entendimento do setor agrícola como sustentáculo do projeto nacional desenvolvimentista, claro que subordinado à industrialização, recebeu maior atenção do governo militar do que de seus predecessores. Foi durante esse período que tiveram início as mudanças mais profundas na base técnica da agricultura amparadas pelo suporte de várias políticas estatais, como crédito agrícola, política de preço mínimo, entre outras. 


Palavras-chave


projeto nacional desenvolvimentista, agricultura, governo militar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2011.2033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Margarida de Cássia Campos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 2237-3071