Cidades Amazônicas: Surtos Econômicos e Perspectivas

Bertha Koiffmann Becker

Resumo


Apresentamos a investigação sobre cidades na Amazônia, reforçando o papel e
a importância das cidades no planejamento regional da fronteira e através da história da região. Mesmo que não explícitas em pesquisas específicas, as cidades sempre estiveram presentes em nossos estudos e recentemente novas oportunidades fizeram com que retomássemos o estudo de cidades articulando-as ao desenvolvimento da Amazônia. As novas pesquisas introduzem a teoria de surtos das cidades aplicada a estudos empíricos específicos sobre seis cidades, Manaus, Belém, Rio Branco, Santarém, Parintins e Imperatriz. O estudo de cada uma dessas cidades foi conduzido por diferentes pesquisadores do Laboratório de Gestão do Território da Universidade Federal do Rio de Janeiro, articulados entre si em projeto do CNPq. Com exceção de Belém, os estudos das demais cidades compõem os artigos que seguem a este. Esta é, pois, uma apresentação introdutória e a contextualização teórica que fundamenta esses trabalhos e a história do surgimento das cidades na Amazônia.


Palavras-chave


Cidades, Amazônia, Surtos de cidades

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2013.2098

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 Bertha Koiffmann Becker

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 2237-3071