Agro-environmental Sustainability of the Yuanyang Rice Terraces of Yunnan Province, China

Autores

  • Michael A. Fullen University of Wolverhampton

DOI:

https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2014.2433

Palavras-chave:

atitudes culturais, povo de minoria Hani, paisagem de multifuncionalidade, otimização de recursos, Yuanyang, China.

Resumo

O povo de minoria Hani, da Província de Yunnan (sudoeste da China) desenvolveu um sistema complexo e sustentável agro-ambiental de arroz, plantado em terraços em Yuanyang ( 22°49'-23°19'N, 102°27-103°13'E). O povo de Hani tem mantido esse sistema intrincado e elaborado por mais de 1.300 anos, com aproximadamente 3.000 terraços cobrindo uma área de 11.000 hectares. Desta forma, durante a Dinastia Ming (1368-1644), o imperador deu ao povo de Hani o título de "Escultores da Montanha Mágica" por terem construído essas escadas para o céu. No entanto, o isolamento geográfico e a proximidade da então fronteira politicamente sensível, levou com que os terraços de Yuanyang tenha atraído a atenção científica. Se podemos compreender como esse sistema tem sido sustentável, podemos aprender lições as quais podem ser aplicadas de forma mais genérica.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Michael A. Fullen, University of Wolverhampton

Faculty of Science and Engineering, The University of Wolverhampton, Wolverhampton WV1 1LY,
U.K.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

FULLEN, Michael A. Agro-environmental Sustainability of the Yuanyang Rice Terraces of Yunnan Province, China. Espaço Aberto, Rio de Janeiro, Brasil, v. 4, n. 1, p. 65–72, 2014. DOI: 10.36403/espacoaberto.2014.2433. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/EspacoAberto/article/view/2433. Acesso em: 16 jul. 2024.