Escala e pesquisa na geografia. Problema ou solução?

Autores

  • Iná Elias de Castro Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2014.2435

Palavras-chave:

Escala, Geografia Política, Escala Política.

Resumo

tema escala tem sido recorrente na geografia nas últimas décadas. Perspectivas, debates e controvérsias compõem na disciplina um enorme arsenal de artigos e livros sobre a escala, o que deixa muito pouco de novo quando este é o problema. No entanto, tendo em vista a profusão de proposições e concepções sobre ela, a confusão acaba sendo inevitável, e o que seria para esclarecer faz da escala um conceito nem sempre de fácil aplicação empírica. Este é o paradoxo inescapável para quem se debruça sobre o tema: os profusos debates ontológicos e a aplicação nem sempre clara da escala como recurso metodológico e, no limite, a própria negação do seu significado para a geografia humana e para os recortes espaciais. A proposição aqui é basicamente retomar uma perspectiva metodológica, ou seja, aquela que compreende a escala como um problema operacional fundamental na definição do recorte espacial significativo para a análise do fenômeno na pesquisa em geografia. 

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Iná Elias de Castro, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora Titular do Departamento de Geografia da UFRJ. Pesquisadora CNPQ e FAPERJ.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

CASTRO, Iná Elias de. Escala e pesquisa na geografia. Problema ou solução?. Espaço Aberto, Rio de Janeiro, Brasil, v. 4, n. 1, p. 87–100, 2014. DOI: 10.36403/espacoaberto.2014.2435. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/EspacoAberto/article/view/2435. Acesso em: 30 maio. 2024.