A REPRESENTAÇÃO DA MULHER MEDIEVAL NOS LIVOS DIDÁTICOS: UMA VISÃO COMPARATIVA

Marta de Carvalho Silveira

Resumo


Entendendo que os livros didáticos são os principais instrumentos utilizados nas salas de aula das escolas públicas brasileiras e a característica informativa e formativa que tais obras alcançam no processo educacional, propõem-se aqui a análise dos discursos reproduzidos acerca da condição feminina em algumas das obras selecionadas, por instâncias governamentais e pelos docentes, para a utilização nas salas de aula espalhadas por todo o território nacional.       Em suma, o objetivo deste trabalho é analisar a forma como os autores dos livros didáticos têm conseguido inserir a questão do gênero nas obras didáticas e como tais obras influenciam na construção da noção das mulheres como sujeitos históricos.


Texto completo:

PDF

Referências


ARANHA,Maria Lúcia de Arruda. História da Educação e da Pedagogia. Geral e Brasil. 3 ed. São Paulo: Moderna, 2006.

BITTENCOURT,Circe Maria Fernandes. Ensino de História. Fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2009.

BOURDÉ,G. e MARTIN,Hervé. As Escolas Históricas. Lisboa: Europa-América, 1983.

BRAICK,Patricia Ramos. Estudar História. Das origens do homem à Era digital. São Paulo: Moderna, 2015.

CAMPOS,Flávio, CLARO, Regina et. alli. História nos dias de Hoje. São Paulo: Leya, 2015.

CHARTIER,Roger. Cultura escrita, Literatura e História. Porto Alegre: ARMED editora, 2001.

COTRIM,Gilberto e RODRIGUES, Jaime. Historiar. São Paulo: Saraiva, 2015.

DUBY,Georges. Heloísa, Isolda e outras damas do século XII. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MAC GINITY,Eliane Goulart. Imagens de mulheres nos livros didáticos de História. Revista do Lhiste, Porto Alegre, num.3, vol.2, jul/dez. 2015. P. 915 a 932. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/revistadolhiste/article/viewFile/63309/36954.

PERROT,M. Os Excluídos da História. Operários, mulheres e prisioneiros. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017.

PERROT,M. As mulheres ou os silêncios da História.Bauru, SP: EDUSC,2005.

SCOTT,Joan. História das Mulheres. In: BURKE,Peter (org.). A Escrita da História. Novas Perspectivas. São Paulo:UNESP,1992.

SILVA,Marco Antoniol. A fetichização do livro didático no Brasil. In: Educação e Realidade., Porto Alegre, v. 37, n. 3, p. 803-821, set./dez. 2012.p. 808 -- 821. Disponível em: http://www.ufrgs.br/edu_realidade .

VAINFAS,Ronaldo, FERREIRA,J. et alli. História.doc. São Paulo: Saraiva, 2015. VAZ,Maria Lu[Isa e PANAZZO,Sílvia. Jornadas.hist.. São Paulo: Saraiva, 2015

VICENTINO,Cláudio e VICENTINO, José Bruno. Projeto Mosaico. História. São Paulo: Scipione, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista de História Comparada

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista de História Comparada é um periódico do PPGHC/UFRJ.

http://www.ppghc.historia.ufrj.br/index.php/destaque/publicacoes/revista-de-historia-comparada

ISSN 1981-383X

Revista indexada no DialNet, Latindex e REDIB.