A ORGANIZAÇÃO CIENTÍFICA DO TRABALHO EM PORTUGAL, FRANÇA E ESPANHA: UM EXERCÍCIO DE HISTÓRIA COMPARADA

Ana Carina Azevedo

Resumo


Os princípios da Organização Científica do Trabalho, principalmente ao nível fabril, são um marco importante na história dos países industriais ou em processo de industrialização. No entanto, ao analisarmos a sua difusão em cada Estado, torna-se evidente que não existe uniformidade no processo de desenvolvimento destes métodos, nem no impacto que tiveram na produtividade nacional. Também em Portugal, a Organização Científica do Trabalho apresenta um desenvolvimento particular no período que medeia as duas Guerras Mundiais. Mas em que aspectos se assemelha ou difere de outras realidades europeias e quais as causas dessas variações?

Com este exercício de História Comparada tentaremos responder a esta questão desenvolvendo uma linha de análise que nos permita compreender a forma como estes princípios foram sendo assimilados e implementados em Portugal, Espanha e França e quais as semelhanças e diferenças que encontramos entre as realidades em estudo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista de História Comparada é um periódico do PPGHC/UFRJ.

http://www.ppghc.historia.ufrj.br/index.php/destaque/publicacoes/revista-de-historia-comparada

ISSN 1981-383X

Revista indexada no DialNet, Latindex e REDIB.