História e Literatura em diálogo: a escravidão em Bernardo Guimarães

Marcos Francisco Alves

Resumo


No  presente  artigo,  pretendemos  discutir  como  o  literato  Bernardo  Guimarães  concebeu  a escravidão  em  suas  obras Uma  história  de  quilombolas  de  1871  e A Escrava  Isaura  de  1875. Depois  de  uma breve  referência  ao  contexto  histórico  que  presidiu  a  produção  das  obras,  analisaremos  a  questão  escravista presente nas narrativas do literato. Entendendo a Literatura como um registro de possibilidades de vida, em certo
tempo  e  lugar,  considerando  o  texto  e  o  contexto  do  autor,  e  tendo  como  base  a  idéia  de  representação, investigaremos como está representada a temática escravista nas duas obras de Bernardo Guimarães.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista de História Comparada é um periódico do PPGHC/UFRJ.

http://www.ppghc.historia.ufrj.br/index.php/destaque/publicacoes/revista-de-historia-comparada

ISSN 1981-383X

Revista indexada no DialNet, Latindex e REDIB.