SONORIDADES MICROPOLÍTICAS NA ARTE DE MANATA LAUDARES / Micropolitical sonorities in the art of Manata Laudares

Priscilla Porto Nascimento Fasani

Resumo


Este artigo apresenta parte da tese SoundSystem: experiências sonoras e dançantes partilhadas pelos artistas Franz Manata e Saulo Laudares no circuito independente de arte contemporânea. A partir das disparações afetivas incitadas por ThePlace (1998-...), que é a própria pista de dança como obra de arte, Heartbeat(2006), instalação sonora que compartilha uma conversa entre corações e, pela intervenção urbana AFTER:Nature(2008-...), que disponibiliza ao público o canto dos pássaros, pensaremos sobre a posição política assumida pelos artistas, que é realizada através da ativação de um saber eco-etológico.

Palavras-chave: Arte sonora; Sound System; Corpo vibrátil; Micropolítica; Manata Laudares.

Abstract

This article presents part of the SoundSystem thesis: sound and dancing experiences shared by artists Franz Manata and Saulo Laudares in the independent circuit of contemporary art. Based on the affectives hots triggered by The Place (1998 -...), which is the dance floor itself as a work of art, Heartbeat (2006), a sound installation that shares a conversation between hearts and, through urban intervention AFTER: Nature ( 2008 -...), which makes the song of birds available to the public, we will think about the political position assumed by the artists, which is accomplished through the activation of an eco-ethological knowledge.

Keywords: Sound art; Sound System; Vibrating body; Micropolitics; Manata Laudares.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Manoel de. Poesia Completa. São Paulo: Leya, 2010.

BARTHES, Roland. Incidentes. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BARTHES, Roland.O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

BARTHES, Roland. Sade, Fourier, Loyola. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BONDÍA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. In: Revista Brasileira de Educação, n.19, 2002.

BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

BRITO, Teca de Alencar de. Hans-Joachim Koellreutter: Por quê? In: JORDÃO, Gisele; MOLINA, Sérgio (Org.). A Música na escola. São Paulo: Allucci& Associados Comunicações, 2012.

BRITO, Teca de Alencar de; ZANETTA, Camila Costa. Hans-Joachim Koellreutter em movimento: ideias de música e educação. XXIV Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música, São Paulo, 2014.

BUENO, Guilherme. Franz Manata e Saulo Laudares. Disponível em: Dasartes número 23, 10/08/2012. http://dasartes.com.br/materias/franz-manata-e-saulo-laudares/

CAGE, John. De segunda a um ano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2013.

CAGE, John. Musicage: palavras. Rio de Janeiro: Numa, 2015.

CAMPOS, Marcelo. AFTER: Nature. Interferências Urbanas, prêmio 2008 (Catálogo).

COCCHIARALE, Fernando; GEIGER, Anna Bella. Abstracionismo; geométrico e informal: a vanguarda brasileira nos anos cinquenta. Rio de Janeiro: FUNARTE, Instituto Nacional de artes plásticas, 2004.

COSTA, Ana Luísa Veliago. Os sentidos experimentais dos domingos de criação. Dissertação (Mestrado em Estética e História da Arte) – Universidade de São Paulo, 2019.

COX, Christoph; WARNER, Daniel. Audio Culture: readings in modern music. New York/London: Editora Continuum, 2004.

DELEUZE, Gilles. Espinosa uma filosofia prática. São Paulo: Editora Escuta, 2002.

DELEUZE, Gilles. Francis Bacon: lógica da Sensação. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. v 3. São Paulo: Editora 34, 1996.

DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Félix. O que é filosofia? Rio de Janeiro: Editora 34, 2011.

DELEUZE, Gilles; PARNET,Claire. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998.

FASANI, Priscilla Porto Nascimento. Sound System: experiências sonoras e dançantes partilhadas pelos artistas Franz Manata e Saulo Laudares no circuito independente de arte contemporânea. Tese. (Doutorado em Cultura e Sociedade) - Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, Universidade Federal da Bahia, 2019.

GIBBS, Tony. The fundamentals of sonic art & sound design. London: AVA, 2007.

KIFFER, Ana; BIDENT, Christophe; REZENDE, Renato (orgs). Experiência e arte contemporânea. Rio de Janeiro: Editora Circuito, 2012.

LAGNADO, Lisette. After Nature: proliferação de híbridos. Disponível em: http://www.canalcontemporaneo.art.br/arteemcirculacao/archives/008213.html. Publicado em 2 de abril de 2018.

MANATA, Franz. Guilherme Vaz: uma fração do infinito. Rio de Janeiro: EXST, 2016.

MELO, Fabrício. De “Introduction à la musique concrète” ao Traité dês objets musicaux: gênese do solfejo dos objetos musicais de Pierre Schaeffer (Dissertação em Música). Universidade Federal de Minas Gerais, 2007.

MORA, José Ferrater. Dicionário de filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MUSEU GOELDI. A primeira espécie de ave híbrida da Amazônia. Disponível em: https://www.museu-goeldi.br/noticias/a-primeira-especie-de-ave-hibrida-da-amazonia. Acessado em: fev. 2020.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia. Lisboa: Guimarães Editores, 1978.

OBRIST, Hans Ulrich. Uma breve história da curadoria. São Paulo: BEI Comunicação, 2010.

PINO, Claudia Amigo. A última aventura. Revista Cult, n. 200, abr. 2015.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: Editora 34, 2005.

ROELS JR., Reynaldo. Soundsystem (Catálogo), 2006.

ROLNIK, Suely. Cartografia sentimental: Transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Editora Sulina, UFRGS, 2016.

ROLNIK, Suely. Deleuze, esquizoanalista. Revista Cult. n. 108, Nov. 2006.

SAFATLE, Vladimir. O circuito dos afetos: corpos políticos, desamparo e o fim do indivíduo. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

SAFATLE, Vladimir. Philip Glass queria música que criasse a experiência do tempo suspenso. Folha de São Paulo. 13 jan. 2017.

SCHAFER, Murray. O ouvido pensante. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

VAZ, Felipe Fessler. Elementos da arte sonora (Dissertação em Comunicação e Cultura) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2008.

ZOURABICHVILI, François. Deleuze: uma filosofia do acontecimento. São Paulo: Editora 34, 2016.

ZAREMBA, Lilian (Org). Entreouvidos: sobre rádio e arte. Rio de Janeiro: Editora Soamerc -Oi Futuro, 2009.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n39.10

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
 Revista arte e ensaios

e-ISSN: 2448-3