Expedição Elza Lima: imagens e lendas de um real construído

Marisa Mokarzel

Resumo


Há mais de 25 anos Elza Lima percorre os rios da Amazônia e sai em pequenas expedições fotografando paisagens, pessoas, o ambiente que se apresenta – um ambiente em mutação. Transforma em imagem o que vê, sem compromisso com o real; são imagens construídas a partir da realidade, elaboradas por um olhar que inventa. Sua fotografia “fabrica o mundo, ela o faz acontecer”. Para André Rouillé “a fotografia cria o real!”, assertiva que desestabiliza modelos definidores do ato fotográfico como ato que documenta a realidade. Trata-se de procedimento que o autor denomina antirrepresentativo, uma vez que “tenta não sacrificar as imagens em função dos referentes, e de reconhecer a capacidade das fotografias de inventar mundos”. A Amazônia criada por Elza Lima, em parte, vem-se constituindo com  uma “rota d’água” 3 pela qual navega.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.