Análise de Veranicos Intensos na Região Sul do Brasil e Condições Sinóticas Associadas

William Duarte Jacondino, Humberto Conrado, Ana Nascimento

Abstract


Os veranicos são atribuídos a situações em que o regime regular da estação fria de uma região é interrompido, sendo caracterizados por apresentar um período prolongado de temperaturas anomalamente altas para uma determinada estação do ano e precipitação insignificante (igual ou inferior a 1 mm). Este trabalho teve por objetivo aplicar uma metodologia que permite quantificar os veranicos mais intensos ocorridos no período sazonal de maio a setembro, durante o período de 1991 a 2015 na região sul do Brasil e obter um detalhamento do ambiente sinótico predominante associado aos estágios de formação e maturação destes eventos. Um total de 72 eventos foram identificados, sendo 27 considerados eventos intensos de acordo com limiares estabelecidos seguindo critérios de duração, abrangência e magnitude. Os resultados indicam que o fenômeno atua com maior magnitude no estado do Rio Grande do Sul, sendo agosto e setembro apresentam maior magnitude, enquanto que apenas agosto apresenta mais casos. Campos compostos de variáveis atmosféricas são calculados sobre os 27 casos mais intensos. As análises indicam que o fenômeno está associado a configuração de uma crista amplificada persistente sobre o centro-leste da América do Sul e favoreceu o transporte em baixos níveis de ar quente e seco da região Centro-Oeste para o Sul do Brasil. As análises também indicam que nos dias que antecederam o veranico ondas mais longas predominam sobre o Oceano Pacífico.

Keywords


Bloqueio; Região sul; Campos compostos; Veranico



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_2_377_389

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate

ISSN 0101-9759 e-ISSN 1982-3908