As Secas entre 1963 e 2017 no Distrito Federal, Brasil

Ana Paula Martins do Amaral Cunha, Sheila Santana de Barros Brito, Germano Gondim Ribeiro Neto, Regina Célia dos Santos Alvalá

Abstract


A seca é um extremo climático originado pelo déficit de precipitação, que resulta na baixa disponibilidade hídrica para as diferentes atividades humanas. A caracterização da seca em termos de sua duração e severidade ainda é pouco explorada, principalmente em regiões onde a seca não é recorrente em curta escala de tempo. Nesse escopo, o presente estudo apresenta uma avaliação quantitativa dos eventos de seca ocorridos entre os anos de 1963 a 2017 no Distrito Federal, com ênfase na última seca de 2016-2017. Para isso, foram utilizados o Índice de Precipitação Padronizada (SPI) para a avaliação da duração e severidade dos eventos de seca e o Índice de Suprimento de água para a Vegetação (VSWI) para a análise da extensão dos impactos de seca na vegetação. De acordo com o SPI, o evento de seca com maior duração e também mais severo, teve inicio no ano de 1998 e estendendo-se até o ano de 2004. A Seca mais recente de 2016-2017 teve inicio no mês de abril, inicio de período seco, porém permaneceu durante toda a estação chuvosa (outubro de 2016 a março de 2017). No ranking de duração dentre os eventos mais longos ocorridos em Brasília desde 1963, já se enquadra na sexta posição e com relação à severidade, na quarta posição. De acordo com o VSWI, neste último evento de seca, as áreas impactadas pela seca atingiram 75% de toda a área do Distrito Federal.

Keywords


Distrito Federal; Seca; SPI; VSWI



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_2_487_498

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate

ISSN 0101-9759 e-ISSN 1982-3908