Nanofósseis Calcários Neógenos da Elevação do Rio Grande e Canal de Vema (DSDP - Leg 72, Sites 516, 516A e 518 - Oceano Atlântico Sul): Sistemática do Gênero Discoaster

André Luiz Gatto Motta, Flavia Azevedo Pedrosa, Cleber Fernandes Alves, Maria Dolores Wanderley

Abstract


Os discoasteres são nanofósseis calcários de ampla distribuição e especiação no Cenozoico, apresentando formas de estrelas ou rosetas. No Neógeno, este gênero orienta a detecção de diversas biozonas, através de seus surgimentos e extinções. Porém, por possuírem raios compostos por calcitas de hábito tabular, são mais suscetíveis aos efeitos de supercrescimento e recristalização que os cocólitos, sendo muitos indivíduos, morfologicamente diferentes, englobados numa mesma espécie, e apresentados como variações preservacionais. Ao investigarmos os estratos mio-pliocênicos da Elevação do Rio Grande e Canal de Vema, nos deparamos com quantidades representativas destas variantes preservacionais, que são discutidas neste trabalho. Vinte e três táxons foram descritos e oito variantes foram destacadas, de forma a apresentarmos novas observações e discussões, visando possíveis aplicações bioestratigráficas em investigações futuras.

Keywords


Discoaster; Elevação do Rio Grande; Canal de Vema



DOI: https://doi.org/10.11137/2019_3_489_503

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate