Compartimentos Ambientais do Estuário do Rio Arade, Sul de Portugal, com Base na Distribuição e Ecologia de Foraminíferos

Lazaro Luiz Mattos Laut, Isis de Almeida Cabral, Maria Antonieta da Conceição Rodrigues, Frederico Sobrinho Silva, Maria Virgínia Alves Martinsvirginia.martins@ua.pt, Tomasz Boski, Ana Isabel Gomes, João Manuel Alverinho Dias, Luiz Francisco Fontana, Vanessa Mattos Laut, João Graciano de Mendonça-Filho

Resumo


Em setembro de 2010 foram coletadas cinco amostras de sedimento ao longo do estuário do rio Arade objetivando a identificação de compartimentos ambientais como base na distribuição das espécies de foraminíferos e sua relação com os parâmetros físico-químicos, sedimentológicos e geoquímicos. Foram identificadas 39 espécies de foraminíferos, sendo 31 espécies calcárias e 8 espécies aglutinantes, o que demonstra uma grande riqueza de espécies no estuário. As espécies dominantes foram Ammonia tepida e Haynesina germanica que foram identificadas em todas as estações amostrais. A região da foz do estuário apresentou maior riqueza de espécimes (31) e maior diversidade (2,73) demonstrando a forte influência marinha nesta região. Aplicando a análise multivariada em DAC foi possível identificar três setores no estuário: Setor A - região de maior influência marinha que apresenta alta concentração de carbono inorgânico, sedimento arenoso e um grande número espécies exóticas transportadas da plataforma adjacente (Cibicides bertheloti, Asterigerinata mammila, Bolivina ordinaria and Bolivina elongata); Setor B - região intermediária do estuário com sedimento lamoso, carbono orgânico elevado e composto por espécies típicas de estuários. Setor C - região mais confinada do estuário, com sedimento lamoso, maior concentração de carbono orgânico em relação ao setor B, que é representado por espécies de foraminíferos aglutinantes e Ammonia parkinsoniana.

Palavras-chave


Foraminíferos; Estuário de mesomaré; Compartimentação estuarina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.11137/2014_2_60_74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank