Cartas de Severo

Roberto González Echevarría

Resumo


Visão panorâmica da correspondência de vinte e quatro anos entre Roberto González Echevarría e Severo Sarduy, que analisa a relação do escritor cubano com o grupo Tel Quel e a literatura latino-americana. Conclui-se que Sarduy, ainda que influenciado, em uma primeira etapa, pela teoria francesa, foi derivando para temas latino-americanos, especificamente, cubanos, em grande parte devido à influencia de José Lezama Lima. As cartas analisadas revelam essa tendência, assim como a incorporação gradual do barroco como modelo na sua literatura. Em última instância, o valor dessa produção reside nas características propriamente literárias, nos argumentos, nas personagens, especialmente estes últimos, dentre os quais se destacam os travestis.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/1517-106X/20171911338

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons