PEDAGOGIA DAS ARTES MARCIAIS E ESPORTES DE COMBATE NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA NACIONAL

Marcelo Moreira Antunes, Jose Julio Gaviao de Almeida, Samuel Mendonça, Jaqueline Martins Patatas, Enrique Ortega

Resumo


Objetivou-se analisar a produção do conhecimento sobre pedagogia das artes marciais e dos esportes de combate e apontar questões que subsidiam pesquisas no campo da Educação Física. O método adotado foi a revisão sistemática. Inicialmente foram encontrados 117 artigos publicados entre 1997 a 2011 que tratavam dos temas: artes marciais e esportes de combate. No entanto, apenas 20 artigos se enquadraram como estudos pedagógicos, sendo 55% com preocupações na área escolar e 45% não escolar. A análise se deu a partir de categorias e subcategorias segundo Trilla (1996), Garcia (2009), Perrenoud (2011), Boruchovitch (1999) e Paro (2011). Os resultados da investigação indicaram que os temas estudados foram: estratégias de ensino; avaliação da aprendizagem, formação de professores e seleção e organização de conteúdo. Estes temas foram tratados a partir de dois relatos de experiência, dez trabalhos de campo e oito de revisão de literatura. Pode-se também perceber um incremento na quantidade de trabalhos por ano ao longo do período. Buscou-se descrever os resultados principais, entende-se que a necessidade de estudos sempre será bem-vinda.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.