REEDUCAÇÃO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA COMO TRATAMENTO NÃO MEDICAMENTOSO DA OBESIDADE EM ADOLESCENTES

Aline Alves Pastor, Robson Domingos Estrela de Souza, Gustavo Marques Porto Cardoso

Resumo


A obesidade é um problema que se apresenta relevante em todas as etapas da vida, porém vem se agravando de forma significativa na adolescência, tomando características de pandemia. Sendo que adolescentes com dietas não balanceadas e inativos fisicamente gerarão adultos obesos, tornando um problema ainda maior de saúde pública. Este estudo de revisão narrativa de literatura tem por objetivo identificar a relação da reeducação alimentar e da atividade física como tratamento da obesidade na adolescência. Pode-se considerar que a obesidade na adolescência é um importante fator de risco para o aparecimento de comorbidades associadas, sendo de grande significância a prevenção desta patologia por meio de tratamentos não farmacológico, promovendo à aquisição de hábitos alimentares saudáveis e a adesão da prática de atividades físicas. Conclui-se que o aprofundamento e continuidade da discussão desta temática propicie maior fundamentação para o aumento da prática de atividades físicas nos adolescentes, gerando em consonância promoção de hábitos alimentares saudáveis, consequentemente, evitando prejuízos futuros.

Palavras-chave


Obesidade na Adolescência; Atividade Física; Reeducação Alimentar

Texto completo:

PDF 10

Referências


APETITO, L. et al. Prática de dietas de emagrecimento por escolares adolescentes. Journal of Health Sciences Institute, v. 28, n. 4, p. 329-333, 2010. Disponível em: < http://200.196.224.129/presencial/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2010/04_out-dez/V28_n4_2010_p329-333.pdf>. Acesso em: 28 de outubro de 2016.

BENTO, A. V. Como fazer uma revisão da literatura: considerações teóricas e práticas. Revista JA (Associação Académica da Universidade da Madeira), v. 7, n. 65, p. 42-44, 2012. Disponível em: < http://www3.uma.pt/bento/Repositorio/Revisaodaliteratura.pdf>. Acesso em: 12 de agosto de 2016.

CARMO, M. B. et al., Consumo de doces, refrigerantes e bebidas com adição de açúcar entre adolescentes da rede pública de ensino de Piracicaba, São Paulo. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 9, p. 121-130, 2006. Disponível em: < https://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2006000100015>. Acesso em: 28 de outubro de 2016.

CELESTRINO, J. O; COSTA, A. S. et al. A prática de atividade física entre escolares com sobrepeso e obesidade. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 5 (especial), n. 3, p. 47-54, 2006. Disponível em: < http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1896/1368>. Acesso em: 14 de janeiro de 2017.

DIAS, I.; MONTENEGRO, R.; MONTEIRO, W. Exercícios físicos como estratégia de prevenção e tratamento da obesidade: aspectos fisiológicos e metodológicos. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 70-79, jan./mar. 2014. Disponível em: < http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistahupe/article/view/9808/8770>. Acesso em: 30 outubro de 2016.

DUNKER, K. L. L.; FERNANDES, C. P. B.; CARREIRA FILHO, D. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 58, n. 3, p. 156-61, 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/jbpsiq/v58n3/03.pdf>. Acesso em: 28 de outubro de 2016.

EISENSTEIN, Evelyn. Adolescência: definições, conceitos e critérios. Adolescência e Saúde, v. 2, n. 2, p. 6-7, jun. 2005. Disponível em: < https://extensao.cecierj.edu.br/material_didatico/sau2202/pdf/aula%201%20_leitura_adolescencia_def_conc_criterios.pdf>. Acesso em: 14 de setembro de 2016.

FIGUEIREDO, C. et al. Obesidade e sobrepeso em adolescentes: relação com atividade física, aptidão física, maturação biológica e “status” socioeconômico. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 25, n. 2, p. 225-235, abr./jun. 2011. Disponível em: < http://www.journals.usp.br/rbefe/article/view/16810/18523>. Acesso em: 13 de janeiro de 2017.

FREITAS, A. R. et al. Insatisfação da imagem corporal, práticas alimentares e de emagrecimento em adolescentes do sexo feminino. Revista Brasileira de Nutrição Clínica, v. 24, n. 3, p. 166-73, 2009. Disponível em: < https://www.researchgate.net/profile/Novello_D/publication/263087340_Insatisfacao_da_imagem_corporal_praticas_alimentares_e_de_emagrecimento_em_adolescentes_do_sexo_feminino/links/00b49539cb52c972f1000000/Insatisfacao-da-imagem-corporal-praticas-alimentares-e-de-emagrecimento-em-adolescentes-do-sexo-feminino.pdf> Acesso em: 02 de novembro de 2016.

LUCIANO, A. P. et al. Nível de Atividade Física em Adolescentes Saudáveis. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 22, n. 3, p. 191-194, mai./jun. 2016. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbme/v22n3/1517-8692-rbme-22-03-00191.pdf>. Acesso em: 02 de novembro de 2016.

MENDONÇA, C. P.; ANJOS, L. A. dos. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, p. 698-709, mai./jun. 2004. Disponível em: < https://www.scielosp.org/pdf/csp/2004.v20n3/698-709/pt>. Acesso em: 07 de dezembro de 2016.

MULLER, R. C. L. Obesidade na adolescência. Pediatria Moderna, v. 37, especial, p. 45-8, mai. 2001. Disponível em: < http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=1413>. Acesso em: 07 de fevereiro de 2017.

NEUTZLING, M. B. et al. Frequência de consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra entre adolescentes. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 41, n. 13, p. 336-342, 2007. Disponível em: < https://www.scielosp.org/pdf/rsp/2007.v41n3/336-342/pt>. Acesso em: 23 novembro de 2016.

OLIVEIRA, C. L. et al. Obesidade e síndrome metabólica na infância e adolescência. Revista de Nutrição, Campinas, v. 17, n. 2, p. 237-45, abr./jun. 2004. Disponível em: < http://www.repositorio.unifesp.br/bitstream/handle/11600/2129/S1415-52732004000200010.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 13 de fevereiro de 2017.

PIAIA, C. C.; ROCHA, F. Y.; VALE, G. D. B. F. G. Nutrição no exercício físico e controle de peso corporal. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 40-48, jul./ago. 2007. Disponível em: . Acesso em: 28 de janeiro de 2017.

RAMOS, A. T. Atividade Física: diabéticos, gestantes, terceira idade, crianças e obesos. 3 ed. Rio de Janeiro: Sprint, 2002.

ROTHER, E. T. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta paulista de enfermagem, v. 20, n. 2 (editorial), p. v-vi, 2007. Disponível em: < http://www.redalyc.org/pdf/3070/307026613004.pdf>. Acesso em: 12 agosto de 2016.

SABIA, R. V.; SANTOS, J. E. dos; RIBEIRO, R. P. P. Efeito da atividade física associada à orientação alimentar em adolescentes obesos: comparação entre o exercício aeróbio e anaeróbio. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 10, n. 5, p. 349-55, set./out. 2004. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbme/v10n5/v10n5a02.pdf>. Disponível em 16 de janeiro de 2017.

SANTOS, L. A. da S. Da dieta à reeducação alimentar: algumas notas sobre o comer contemporâneo a partir dos programas de emagrecimento na Internet. Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p. 459-474, 2010. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/physis/v20n2/a07v20n2.pdf>. Acesso em: 28 de janeiro de 2017.

SIGULEM, D. M. et al., Obesidade na infância e na adolescência. Compacta Nutrição, v. 2, n. 1, p. 7-18, 2001. Disponível em: < http://sweetlift.com.br/wp-content/uploads/2013/04/Sweet-Lift-3.pdf>. Acesso em: 13 de dezembro de 2016.

SILVEIRA, A. M. et al. Efeito do atendimento multidisciplinar na modificação dos hábitos alimentares e antropometria de crianças e adolescentes com excesso de peso. Revista Médica de Minas Gerais, v. 20, n. 3, p. 277-284, 2010. Disponível em: < http://rmmg.org/artigo/detalhes/350#>. Acesso em: 29 de outubro de 2016.

TASSITANO R. M. et al. Atividade física em adolescentes brasileiros: uma revisão sistemática. Revista Brasileira Cineantropometria e Desempenho Humano, v. 9, n. 1, p. 55-60, 2007. Disponível em: < http://www.ceap.br/material/MAT23022012201228.pdf>. Acesso em: 13 de janeiro de 2017.

VIEIRA, V. C. R.; PRIORE, S. E.; FISBERG, M. A atividade física na adolescência. Adolescência Latinoamericana, v. 3, n. 1, 2002. Disponível em: . Acesso em: 28 de dezembro de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556.

Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.