RELAÇÃO ENTRE VELOCIDADE NO TIRO DE 1.000 METROS E DESEMPENHO NAS CORRIDAS DE RUA DE 5 KM E 10 KM DE CORREDORES DE 40 A 50 ANOS

Luís Fernando da Silva Marques, Jerri Luiz Ribeiro

Resumo


Objetivo: Avaliar a existência de relações entre os desempenhos no tiro de 1.000 metros e nas corridas de rua de 5 Km e 10 Km de corredores de 40 a 50 anos de idade. Método: 42 indivíduos, 23 homens, 44,88±3,07 anos e 19 mulheres, 44,28±2,81 anos. Resultados: Tempo médio das provas 4,2 minutos para 1000 m; 23,8 minutos para 5000m; 50,6 minutos para 10000 metros. Tempo médio de prática de corrida 9,9 anos; 17,2 dias de treinos mensais; quilometragem de treinamento mensal 200,8 km. Conclusão: Existe uma alta relação entre o desempenho em um tiro de 1000 m e o desempenho nos 5km e 10km que deve ser considerada em estratégias de treinamento. Da mesma forma, a relação moderada entre treinos mensais e quilometragem percorrida com as distâncias avaliadas, assim como a relação entre idade e tempos nessas distâncias devem ser observadas para as estratégias de treinamento e preparação para provas.


Palavras-chave


treino; velocidade; desempenho

Texto completo:

PDF

Referências


BARNES, K. R.; KILDING, A. E. Strategies to Improve Running Economy. Sports Medicine (2015) v. 45, p 37–56.

FUZIKI, Mauro Katsumi. Corrida de rua: Fisiologia, treinamento e lesões, São Paulo: Phorte, 2012. 440 p.

HAGAN, R.D., Upton, S.J., Duncan J.J., Gettman L.R. Marathon performance in relation to maximal aerobic power and training indices in female distance runners. Britsh Journal Sports Medicine (1987), v.21(1), p. 3-7.

HALL, Higdon. Corrida e boa forma depois dos 40. Tradução de Henriette Scholtze; revisão técnica de Ariane Losada Pratti. São Paulo: Editora Gente, 2010. 212 p.

MACHADO, Alexandre Fernandes. Corrida: Teoria e prática do treinamento. 2ª ed. São Paulo, SP: Ícone, 2011. 144 p.

MACHADO, Alexandre Fernandes. Manual de avaliação física. São Paulo, SP: Ícone, 2010. 272 p.

MANUAL do ACSM para avaliação da aptidão física relacionada à saúde. Tradução de Giuseppe Taranto. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011. 175 p.

MELO, Onécimo U. M., BERNARDO, Rodrigo T., DA SILVA, Edson S., ROSA, Karen P. da S., COIMBRA, Renan dos S., PEYRÈ-TARTARUGA, Leonardo A. Tempo de provas curtas e volume de treinamento como preditores do desempenho de maratona. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 2018; v. 40(2), p.117:122.

NIEMAN, David C.; BARBANTI, Valdir José (Coord.). Exercício e saúde: teste e prescrição de exercícios. 6. ed. São Paulo: Manole, 2011. 796 p.

WEINECK, Jürgen. Treinamento ideal. Tradução de Beatriz Maria Romano Carvalho, revisão científica de Valdir J. Barbanti. 9. ed. São Paulo: Editora Manole, 2003. 740 p.

ZAAR, Andrigo; REIS, Vitor M.; MACHADO, Alexandre F. Corrida de meio-fundo e fundo: A construção do atleta. 1. Ed. São Paulo: Ícone, 2015. 176 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556.

Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.