Lazer- A Corporeidade de uma loucura sã

Márcia Fernandes Bartholo, Juliano S. M. de Oliveira, Ana Paula S. Santos, Bruno L. G. Morais

Resumo


Este trabalho configura um ensaio teórico que aprofunda investigações sobre as relações entre lazer, corporeidade e saúde mental. Constitui parte integrante de pesquisa em andamento que versa sobre as perspectivas epistemológicas do lazer, enquanto modo de ser lúdico e criativo do homem. Respalda-se sobre trabalho acadêmico empreendido pela disciplina Lazer e Saúde Mental, oferecida pelo curso de Licenciatura em Educação Física e Desportos, da UFRJ. Em sua abordagem metodológica, esta disciplina buscou apoiar-se numa experiência prática junto aos pacientes das enfermarias e hospital-dia do Instituto de Psiquiatria da UFRJ - o IPUB, no intuito de favorecer a aproximação teórico/ prática entre as atividades físico-recreativas e a saúde mental. Procuramos mostrar, com isto, que a prática corporal, inspirada nos princípios do lazer, pode contribuir no processo de intervenção terapêutica em psiquiatria.


Palavras-chave


lazer, lúdico, criativo, corporeidade, saúde mental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556.

Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.