Exercício e ciclo circadiano induzem variações na contagem de leucócitos sangüineos em jovens jogadores de futebol

João Luiz Solano Cardia, João Pedro de Saar Werneck de Castro, Ramom Peçanha, Paulo Roberto Campos Figueiredo, Bruder Damasceno de Castro

Resumo


O propósito deste estudo6 foi investigar a influência do ciclo circadiano e do exercício na contagem de leucócitos sangüineos. Amostras de sangue foram coletadas antes e após o Yo-Yo Endurance Test em jovens jogadores de futebol (13-16 anos). Os atletas que treinavam pela manhã (12 jovens) realizaram os testes pela manhã (8:00 e 9:30), e os que treinavam à tarde (16 jovens) realizaram os testes à tarde (16:00 e 17:30). Os números de leucócitos, neutrófilos e linfócitos foram significantemente aumentados após o teste pela manhã. Também foram significantes os aumentos dos números de leucócitos, neutrófilos, linfócitos no grupo que realizou o teste no período da tarde incluindo os eosinófilos. As concentrações basais de leucócitos, neutrófilos, linfócitos e monócitos no sangue apresentaram-se significantemente mais elevadas no grupo da tarde. Os aumentos dos números absolutos de leucócitos, linfócitos e eosinófilos presentes no sangue foram maiores no final do teste no grupo da tarde. O Yo-Yo Endurance modificou as concentrações de leucócitos, provavelmente pela ação das catecolaminas. Pela manhã ficou observado que as concentrações de leucócitos responderam menos ao estresse do exercício, talvez em função das variações nos níveis dos glicocorticóides, pois não existiu correlação com o VO2max..

Palavras-chave


Exercício - Sistema Imunológico -- Ciclo Circadiano -- leucócitos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.