ESTUDO DA FREQÜÊNCIA CARDÍACA, PRESSÃO ARTERIAL E DUPLO-PRODUTO EM DIFERENTES NÚMEROS DE SÉRIES DURANTE EXERCÍCIOS RESISTIDOS

Humberto Miranda, Sandro Legey P. Souza, Camilo A. Máximo, Maurício N. Rodrigues, Estélio Henrique Martin Dantas

Resumo


Resumo: Esta pesquisa observou a freqüência cardíaca (FC), a pressão arterial sistólica (PAS) e o duplo-produto (DP) durante exercícios resistidos (ER), em função da variação do número de séries (NS). Foi adotado como exercício a extensão simultânea de joelhos na cadeira extensora, realizado em 10 RM. Fizeram parte da amostra 10 indivíduos do sexo masculino (22 À 4 anos), com experiência mínima de 6 meses em ER. No período da manhã foi feito o teste de 10 RM, e a tarde realizaram-se as 3 séries de 10 RM, respeitando o intervalo de 2 minutos entre as séries. As variáveis foram registradas entre as duas últimas repetições de cada série. Compararam-se as respostas de FC, PAS e DP por meio de ANOVA para medidas repetidas, seguida de verificação post-hoc de Tukey (p<0,05). As diferenças do NS parecem ser mais significativas para FC quando o número é maior que 2, e para DP quando maior que 1. Concluímos então, que o nível de exigência cardíaca associada ao exercício de força em membros inferiores não depende apenas da carga de trabalho, mas também das demais variáveis que definem o volume do treinamento, como o NS.


Palavras-chave


Respostas hemodinâmicas. Número de séries. Exercícios resistidos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.