DA TERAPIA AO HEDONISMO: A PAISAGEM LITORÂNEA NA PRODUÇÃO PICTÓRICA DE ELISEU VISCONTI (1866-1944)

Aline Viana Tomé

Resumo


Este artigo discute o conjunto da produção paisagística de Eliseu D’Ângelo Visconti (1866-1944) que enfoca a Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro ‒ distante arrabalde, em fins do século XIX, que foi convertido, com a acessibilidade permitida pelos bondes, em moderno bairro nas primeiras décadas do século XX. Buscamos analisar como a região foi sendo remodelada fisicamente, bem como os indícios de uma significativa mudança de mentalidade da sociedade carioca em relação à vivência dessa área, tão carregada de símbolos na atualidade. Como o acesso ao mar foi aos poucos deixando de lado o seu aspecto puramente curativo dos malefícios da nevrose da região central para tornar-se um prazer buscado pelos cariocas. Para tal intento, foi realizada uma análise comparativa com obras de outros artistas que dialogam, direta ou indiretamente, com a tradição da representação das cenas relativas à beira-mar.

Palavras-chave


Rio de Janeiro; Paisagem Urbana; História da Arte;

Texto completo:

PDF

Referências


Livros

CARDOSO, Rafael [et al.]. Eliseu Visconti:a modernidade antecipada. Rio de Janeiro: Hólos

Consultores Associados, 2012.

CLARK, T.J. A pintura da vida moderna: Paris na arte de Manet e seus seguidores. Trad. José

Geraldo Couto. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

CORBIN, Alain. O território do vazio: a praia e o imaginário ocidental. Trad. Paulo Neves.

São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

JOÃO DO RIO.A correspondência de uma estação de cura. Rio de Janeiro: Scipione, 1992.

LARKIN, Susan G., NICHOLS, Arlene Katz. American Impressionism: the beauty of work.

Bruce Museum of Arts and Science: Greenwich: Connecticut, 2006.

LEVY, Carlos Roberto Maciel [et al.]. Iconografia e paisagem. Coleção Cultura Inglesa. Rio

de Janeiro: Pinakotheke, 1994.

O’DONNELL, Julia. A invenção de Copacabana: culturas urbanas e estilos de vida no Rio de

Janeiro (1890-1940). Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

SCHAPIRO, Meyer. Impressionismo: reflexões e percepções. Trad. Ana Luiza Dantas

Borges. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

VASQUEZ, Pedro Afonso [et. al.] 5 visões do Rio na Coleção Fadel. Rio de Janeiro: Fadel,

VISCONTI, Tobias Stourdzé (org.). Eliseu Visconti: a arte em movimento. Rio de Janeiro:

Hólos Consultores e Associados, 2012.

CARDOSO, Rafael [et al.]. Eliseu Visconti:a modernidade antecipada. Rio de Janeiro: Hólos Consultores

Associados, 2012. VISCONTI, Tobias Stourdzé (org.). Eliseu Visconti: a arte em movimento. Rio de Janeiro:

Hólos Consultores e Associados, 2012.

Capítulos de livros

CORBIN, Alain. Gritos e cochichos. In: PERROT, Michelle [et al.]. História da vida privada:

da Revolução Francesa à Primeira Guerra. Trad. Bernardo Joffily. Vol. 4. São Paulo:

Companhia das Letras, 1991.

SERAPHIM, Mirian N. Paisagem viscontiana – prazer e liberdade. In: AVANCINI, José

Augusto, GODOY, Vinícius Oliveira, KERN, Daniela (orgs). Paisagem em questão: cultura

visual, teorias e poéticas da paisagem. Porto Alegre: UFRGS/Evangraf, 2013.

VIGARELLO, Georges. Higiene do corpo e trabalho das aparências. In: CORBIN, Alain;

COURTINE, Jean-Jacques; VIGARELLO, Georges (dir). História do corpo: da revolução à

Grande Guerra. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Vol. 2, 3a ed. Petrópolis, Rio de Janeiro:

Vozes, 2009.

Anais de congresso

PERROTTA, Isabella. A construção dos atrativos turísticos do Rio de Janeiro, a partir dos

seus primeiros guias para viajantes estrangeiros. In: Anais do XXVI Simpósio Nacional de

História – ANPUH. São Paulo, julho, 2011.

Documentos eletrônicos

ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. Disponível em:

http://machado.mec.gov.br/images/stories/pdf/romance/marm09.pdf. Acesso em 21/07/2015.

BARRETO, Lima. Diário Íntimo. Disponível em:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=2

, p. 25. Acesso em 23/02/2017.

FOWLE, Frances. Summary. Tate Gallery, London, 2000. Disponível em:

http://www.tate.org.uk/art/artworks/whistler-nocturne-blue-and-silver-chelsea-t01571/text-

summary. Acesso em 09/07/2015.

Imagens

Imagem 1: Eliseu Visconti, A Igrejinha, 1912. Óleo sobre tela, 25,5 x 34 cm. Coleção

Visconti-Hirth, RJ.Disponível em: http://www.eliseuvisconti.com.br/. Acesso em:

/07/2015.

Imagem 2: Marc Ferrez, data ignorada. Coleção Gilberto Ferrez. Acervo do Instituto Moreira

Sales. Disponível em: https://ama2345decopacabana.wordpress.com/as-lendas-e-os-mitos-de-

nossa-de-senhora-de-copacabana/a-pequena-ermida/. Acesso em 31/01/2016.

Imagem 3: Eliseu Visconti, Praia com figuras, c.1910. Óleo sobre madeira, 7x33 cm.

Coleção particular. Disponível em: http://www.eliseuvisconti.com.br/. Acesso em

/01/2016.

Imagem 4: Eugène Bodin, Trouville, scène de plage, 1870. Óleo sobre madeira, 18,2x46,2

cm. National Gallery, Londres, Inglaterra. Disponível em: http://warburg.chaa-

unicamp.com.br/obras/view/426. Acesso em 31/01/2016.

Imagem 5: João Batista da Costa, Vista da Igrejinha de Copacabana, 1903. Coleção

particular, Rio de Janeiro. Disponível em: LINS, Roberto Hugo da Costa. Álbum João Batista

da Costa, 120 pinturas selecionadas. Rio de Janeiro:Edição do autor,2012, p. 59.

Imagem 6: Giovanni Baptista Castagneto, Vista da Igrejinha de Copacabana, 1890.

Disponível em: LEVY, Carlos Roberto Maciel [et al.]. Iconografia e paisagem, coleção

cultura inglesa. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1994, p.181.

Imagem 7: Sobreposição de telas. À esquerda: João Batista da Costa, Morro do Leme visto da

praia de Copacabana, c.1906. Óleo sobre madeira, 35x41 cm. Acervo da Pinacoteca do

Estado de São Paulo. À direita: Eliseu Visconti, A Igrejinha, 1912. Óleo sobre tela, 25,5 x 34

cm. Coleção Visconti-Hirth, RJ. Disponíveis, respectivamente, em: LINS, Roberto Hugo da

Costa. Álbum João Batista da Costa, 120 pinturas selecionadas. Rio de Janeiro: Edição do

autor, 2012, p. 70; http://www.eliseuvisconti.com.br/. Acesso em 09/07/2015.

Imagem 8: James McNeill Whistler, Nocturne: blue and silver ‒ Chelsea, 1871. Óleo sobre

madeira, 50,2x60,8 cm. Tate Gallery, Reino Unido. Disponível em:

http://www.tate.org.uk/art/artworks/whistler-nocturne-blue-and-silver-chelsea-t01571. Acesso

em 09/07/2015.

Imagem 9: Georges-Pierre Seurat, Personnage assis, étude pour Une Baignade á Asnières,

Disponível em: http://fr.wahooart.com/Art.nsf/O/8XY48X/$File/Georges-Seurat-

Seated-Man.-Study-for-_Bathers-at-Asnieres_.JPG. Acesso em 28/08/2015.

Imagem 10: Eliseu Visconti, Paisagem de Ipanema, 1927. Óleo sobre madeira, 26x34,5 cm.

Coleção Particular. Disponível em: http://www.eliseuvisconti.com.br/. Acesso em

/07/2015.

Imagem 11: Oscar Pereira da Silva, Praia de Santos, sem data. Óleo sobre tela, 26x29 cm.

Disponível em: TARASANTCHI, Ruth Sprung. Oscar Pereira da Silva. São Paulo: Empresa

das artes, 2006, p. 103.

Imagem 12: Eliseu Visconti, Praia de Copacabana e Morro do Cantagalo, c.1925. Óleo

sobre tela, 26x41 cm. Coleção particular. Disponível em: http://www.eliseuvisconti.com.br/.

Acesso em 09/07/2015.

Imagem 13: Augusto Malta, Grupo posa na praia de Copacabana, 1918. Museu da Imagem

e do Som, RJ. Disponível em: ERMAKOFF, George. Augusto Malta e o Rio de Janeiro,

-1936. Rio de Janeiro: G. Ermakoff Casa Editorial, 2009, p. 229.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com