PERGUNTA-SE PELA ESCRITA DA CRÍTICA DE ARTE EM BELO HORIZONTE NOS ANOS 1960/70

Valdeci da Silva Cunha

Resumo


Objetiva-se, com este artigo, realizar a análise da escrita da crítica de arte situada nas páginas do “Suplemento Literário” do jornal Minas Gerais no recorte temporal dos anos de 1960 e 70. Publicado pela primeira vez no ano de 1966, manteve em suas páginas textos que tiveram, entre outros objetivos, mapear e apresentar ao público leitor do caderno de cultura uma cartografia da arte produzida no Estado e endossar a sua importância não só para seus leitores mineiros, como também para fora de seus limites. Sendo assim, nos interessa investigar apontamentos às relações entre as formas dessa escrita e as conexões com a história da arte em Minas Gerais e o narrar de seu tempo histórico.

Palavras-chave


Suplemento Literário; crítica de arte; história da arte

Texto completo:

PDF

Referências


ARGAN, Giulio Carlo. História da arte como história da cidade. 2a

ed. São Paulo: Martins

Fontes, 1995.

Apresentação. In: Suplemento Literário. Belo Horizonte, v. 1, n. 1, set. 1966, p. 1.

BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína

(Orgs.). Usos e abusos da história oral. 5

a

ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2002.

FUNES, Patricia. Salvar la nación: intelectuales, cultura y política en los anos veinte

latinoamericanos. Buenos Aires: Prometeo Libros, 2006.

MAROCA, Viviane Monteiro. Nos rastros dos novos: o fazer crítico e literário dos contistas

do Suplemento Literário do Minas Gerais (1966-1975). Belo Horizonte, 2009. Dissertação de

Mestrado – Programa de Pós-Graduação em Letras, Faculdade de Letras, Universidade

Federal de Minas Gerais.

MICELI, Sérgio. Intelectuais brasileiros. Palestra proferida no 38o Encontro Anual da

Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS), em 2014.

Disponível em: http://anpocs.org/index.php/universo/acervo/biblioteca/coletaneas/o-que-ler-

na-ciencia-social-brasileira-1970-1995-opcao-b/volume-ii-sociologia/641-intelectuais-

brasileiros/file.

NOGUEIRA, Ieda Maria Ferreira. A indexação do Suplemento Literário Minas Gerais. São

Paulo, 2000. Dissertação de Mestrado – Programa de Pós-Graduação, Faculdade de Ciências e

Letras de Assis.

OLIVEIRA, Luiz Cláudio Vieira de. Guimarães Rosa no Suplemento. A recepção crítica da

obra de Guimarães Rosa no Suplemento Literário do Minas Gerais. Pós-Lit: Estudos

Literários. UFMG, Belo Horizonte, 2002.

PONTES, Heloísa. Destinos mistos. Os críticos do Grupo Clima em São Paulo (1940-1968).

Companhia das Letras: São Paulo, 1998.

RANCIÈRE, Jacques. Políticas da escrita. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: EXO

experimental; Ed. 34, 2005.

RIBEIRO, Marília Andrés. Neovanguardas, anos 60. Belo Horizonte: C/Arte, 1997.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. In: RÉMOND, René (Org.). Por uma história

política. Rio de Janeiro: UFRJ, FGV, p. 231-232, 1996.

TELES, Gilberto Mendonça. Vanguarda europeia e modernismo brasileiro: apresentação dos

principais poemas, manifestos, prefácios e conferências vanguardistas, de 1857 a 1972. Rio de

Janeiro: Record, 1987.

TOLENTINO, Eliana da Conceição. Literatura Portuguesa no “Suplemento Literário do

Minas Gerais”: Relações Brasil/Portugal. Belo Horizonte, 2006. Tese de Doutorado –

Programa de Pós-Graduação em Letras, Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas

Gerais.

VIVAS, Rodrigo. Por uma história da arte em Belo Horizonte. Belo Horizonte: C/Arte, 2012.

WERNECK, Humberto. O desatino da rapaziada: jornalistas e escritores em Minas Gerais.

São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e materialismo. São Paulo: Unesp, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com