Correspondências na Barca: Cartas trocadas entre Monteiro Lobato e Lima Barreto

Antonella Flávia Catinari

Resumo


Dentro da miríade de possibilidades de análise da obra de Monteiro Lobato, neste trabalho optei em apresentar como objeto de estudo uma parte da correspondência do autor paulista: aquela travada com o não menos polêmico autor carioca, Lima Barreto. Essa correspondência encontra-se reunida e comentada por Edgard Cavalheiro — fiel amigo e biógrafo de Lobato — num dos volumes da valiosa coleção “Os cadernos de cultura”, do Serviço de Documentação do Ministério da Educação e Cultura, publicada durante os anos de 1950. O livro A correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto, editado em 1955, traça uma análise dessa correspondência e também dos dois volumes de A Barca de Gleyre.

Texto completo:

PDF

Referências


Bilhete enviado por Monteiro Lobato a Lima Barreto, em outubro de 1920, por ocasião da visita de Lobato ao Rio de Janeiro. In: CAVALHEIRO, Edgard. A correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação/ Ministério da Educação e Cultura, 1955. p. 52

ZILBERMAN, Regina. “O correspondente fiel e a pesquisadora incansável” In: DEBUS, Eliane. Monteiro Lobato e o leitor, esse conhecido.Itajaí: UNIVALI Ed.; Florianópolis: UFSC, 2004. p.14

Edgard Cavalheiro é o autor da mais completa e detalhada biografia de Monteiro Lobato e, por ser amigo do autor, obteve informações preciosas e passagens pitorescas sobre a vida de Lobato

CAVALHEIRO, Edgard. A correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto.Rio de Janeiro: Serviço de Documentação/ Ministério da Educação e Cultura, 1955.

LOBATO, Monteiro. A Barca de Gleyre. 2 vol. São Paulo: Brasiliense, 1951. Livro que contém 40 anos de correspondência travada entre Lobato e seu “amigo por escrito”, Godofredo Rangel.

Destacam-se os esforços de Cassiano Nunes, de Fabio Lucas e de Marisa Lajolo.

ZILBERMAN, Regina. p. 13

AZEVEDO, Carmen Lucia de. Monteiro Lobato, furacão na Botocúndia. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2000. p.37

LOBATO, José Bento Monteiro.O Sacy-Pererê: resultado de um inquérito.São Paulo: Seção de Obras de “O Estado de São Paulo”, 1918.

______________. Urupês. 9.ed. São Paulo: Monteiro Lobato & Cia, 1923.

Carta de Lobato de setembro de 1921. In: CAVALHEIRO, Edgard. p. 55

CAVALHEIRO, Edgard. p. 12

SANTIAGO, Silviano (org.). “Suas cartas, nossas cartas” In: Carlos & Mário. Rio de Janeiro: Ed. Bem-te-Vi, 2002. p. 9

LAJOLO, Marisa. Monteiro Lobato: um brasileiro sob medida. São Paulo: Moderna, 2000. p.10

CAVALHEIRO, Edgard. p. 2

SANTIAGO, Silviano. P.11

FOUCAULT, Michel. “A escrita de si”. In: Ditos e escritos : Problematização do sujeito: Psicologia, psiquiatria e psicanálise. Vol I. 2.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.

BOSI, Alfredo.História concisa da literatura brasileira. 3.ed.São Paulo: Cultrix, 1983. p.364

CAVALHEIRO, Edgard. p.4

Ibid. p. 50

BOSI, Alfredo. p.363

Lobato e Lima eram praticamente da mesma idade: o primeiro nasceu em 1882 e o segundo, em 1881.

Carta de Lima escrita em 04/01/1919 In: CAVALHEIRO, Edgard. p. 23

PRADO, Antonio Arnoni. “Mágoas de perto e de longe (Lima Barreto)” In: GALVÃO, Walnice Nogueira. p.188

Carta de Lobato escrita em 04/12/1919 In: CAVALHEIRO, Edgard. p.16

Carta de Lobato de 28/12/1918 In: CAVALHEIRO, Edgard. p. 21

LOBATO, José Bento Monteiro. A Barca de Gleyre(2o tomo). 4.ed.São Paulo: Brasiliense, 1951. p. 186


Apontamentos

  • Não há apontamentos.