DÉJÀ VU

Marcelo da Rocha Lima Diego

Resumo


Em um primeiro movimento, este trabalho analisa comparativamente o livro “A Invenção de Morel”, de Adolfo Bioy Casares, e o filme -- cujo roteiro é nele inspirado -- “Ano Passado em Marienbad”, de Alain Resnais, observando os mecanismos de transposição fílmica da obra literária. Parte-se, então, a partir das convergências temáticas, formais e propositivas de ambos os textos, para uma reflexão sobre a categoria do “déjà vu”, tanto como tópica discursiva quanto como concepção estética. Designando o “já visto”, esta expressão -- este fenômeno -- pressupõe a sobreposição de planos de realidade quer no âmbito psicanalítico (viés não abordado), quer na experiência da arte e da realidade -- poética. Busca-se, através dos estudos contemporâneos sobre virtualidade, apreender -- em caráter preliminar, na forma mesma de leitura dos textos-base -- o lugar do “déjà vu” na ficção e fora dela.

 Palavras-chave : Literatura ; Cinema ; Virtualidade.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUDRILLARD, Jean. Televisão/Revolução: o caso Romênia. In. PARENTE, André (org). Imagem-máquina: a era das tecnologias do virtual. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

___________________. Simulations. New York: Semiotext(e), 1981. apud http://www.csun.edu/~hfspc002/baud/

BIOY CASARES, Adolfo. A Invenção de Morel. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

BUÑUEL, Luis. Cinema: instrumento de poesia. In. XAVIER, Ismail (org.). A Experiência do Cinema . Rio de Janeiro: Ed. Graal, 1991.

MACHADO, Arlindo. O Filme Ensaio . Concinnitas: Revista do Instituto de Artes da UERJ, vol. 5, n. 5 (dez 2003).Rio de Janeiro:UERJ, ART, 2003

__________________. Máquina e Imagem: o desafio das poéticas tecnológicas. São Paulo: Edusp, 1993.

RESNAIS, Alain. L'année dernière à Marienbad. Roteiro de Alain Robbe-Grillet. FRA/ITA, 1961.

SILVA, Sônia Maria O. O jogo cênico em Marienbad -- marcas do teatro na narrativa fílmica . Caligrama: Revista de Estudos em Linguagem e Mídia, vol. 1, n. 2 (jan-abr 2006). São Paulo: USP, ECA, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.